Perfil da juventude brasileira: questões sobre cultura política e participação democrática

Paulo J. Krischke

Resumo


Este texto levanta questões para formulação de hipóteses, acerca das possíveis mudanças, e características atuais da cultura política dos jovens no Brasil, tendo em vista a análise dos dados de uma pesquisa nacional por “survey”, intitulada “Perfil da Juventude Brasileira” -- realizada em novembro de 2003, pelo Instituto Cidadania de São Paulo. Essa discussão será feita aqui, à luz dos resultados e interpretações de outras pesquisas anteriores, também realizadas por “survey”, sobre cultura política, e sobre a juventude, tanto no Brasil como no exterior. O texto consta de duas partes, a primeira examinando a adesão (ou não adesão) dos jovens à democracia, através dos indicadores e interpretações convencionais da participação política. A segunda parte considera outros dados e análises menos convencionais sobre a participação política, centrados na adesão a valores, práticas associativas, e outras orientações e atividades emergentes entre a juventude. O texto será publicado em livro co-editado pelo Instituto Cidadania e a Fundação Perseu Abramo, organizado por Helena Wendel Abramo e Paulo Martoni Branco, sob o título (provisório) “Retratos da Juventude Brasileira”.

Palavras-chave


Juventude; Cultura política; Participação democrática; Orientação valorativa e associativa; Práticas não-convencionais; Youth; Political culture; Democratic participation; Value-orientations and associations; Unconventional practices

Texto completo:

PDFA


DOI: http://dx.doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsEste trabalho está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.

 

  Início