Democratização cultural e políticas de reconhecimento: notas sobre a trajetória do partido dos trabalhadores (PT)

Paulo J. Krischke

Resumo


Estas notas de pesquisa levantam a hipótese de que o PT tem participado ativamente da democratização cultural do país, inclusive através de suas iniciativas pelo reconhecimento da diversidade sociopolítica e cultural da cidadania. Aqui se discutem as diferenças entre as políticas de reconhecimento, e as políticas de redistribuição socioeconômica, por um lado; e a trajetória do PT nas relações entre as políticas participativas e as mudanças na cultura política, por outro lado. Nestas relações, o apoio crescente à democracia parece associado ao reconhecimento do pluralismo e do direito à diferença – principalmente entre a juventude e naqueles locais onde o PT tem governado na última década

Palavras-chave


Reconhecimento; Redistribuição; Políticas sociais; Governança; Cultura política; Recognition; Redistribution; Social policies; Governance; Political culture

Texto completo:

PDFA


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.