Movimento humano, ontologia do ser social e educação física

Vidalcir Ortigara

Resumo


O objetivo deste artigo é apresentar a possibilidade de cognoscibilidade do movimento como atividade específica do humano, constituído nas relações postas pela realidade social. O foco é o agir humano no complexo de relações que o institui e constitui. A abordagem é a da perspectiva ontológica histórico-materialista. Primeiramente procuramos contextualizar parte da trajetória que nos conduziu à problemática para, em seguida, mostrarmos como as abordagens críticas sobre movimento e corpo na área de Educação Física carecem de uma reflexão ontológica sobre o tema, causando, a nosso ver, limites no alcance de tal crítica. Apontamos, então, os estudos lukacsianos da ontologia do ser social como uma das possibilidades de avanço na compreensão da especificidade do agir humano manifesto nos temas da Educação Física.

Palavras-chave


Educação Física; Esporte; Lazer

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2011v23n36p63



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA