Entrevista com Mário Laranjeira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2018v38nespp167

Palavras-chave:

Entrevista, Tradução, Mário Laranjeira, Baudelaire

Resumo

Entrevista com Mário Laranjeira.

Biografia do Autor

Álvaro Silveira Faleiros, Universidade de São Paulo, São Paulo, São Paulo

Doutor em Letras (Língua e Literatura Francesa) pela Universidade de São Paulo (2003). É professor livre-docente de Literatura Francesa da USP. Tem experiência na área de Poesia e Tradução, atuando principalmente nos seguintes temas: tradução, poética comparada e poesia. É também tradutor, poeta e cancionista. email: faleiros@usp.br

Andréa Cesco, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina

Professora associado da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras, professora da Pós-Graduação em Estudos da Tradução (PGET). Doutorado em Literatura pela UFSC (2007) e Licenciatura em Letras - Português/Espanhol pela Universidade Federal de Santa Catarina (2001). Parte do doutorado foi realizado na Universitat de Barcelona (UB) em 2005/2006. Coordenadora do curso de Letras Espanhol EaD/UFSC e do curso de Espanhol Extracurricular (UFSC). É líder do grupo de pesquisa no CNPq Estudos Literários e Traduções do Século de Ouro. Coordena na UFSC (DLLE) o Núcleo Quevedo de Estudos Literários e Traduções do Século de Ouro. Coordenou o PIBID de Letras - Espanhol de 2012 a 2018.

Fabiano Seixas Fernandes, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina

possui graduação em Licenciatura em letras: inglês (1999) e Doutorado em Literatura (2004), ambos pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atuou como Professor Substituto na mesma instituição (2008-9), e colaborador da Pós-Graduação em Estudos da Tradução (2011-4). Foi professor Adjunto, nível II, de Língua Inglesa e Literaturas pela Universidade Federal do Ceará (2010-6), e professor da Pós-Graduação em Estudos da Tradução (POET/UFC) (2014-6). Atualmente, realiza estágio pós-doutoral, iniciado no segundo semestre de 2016, na Pós-Graduação em Estudos da Tradução, centrado na tradução de "Comus" (1634), de John Milton. Também atua como webtutor para o curso de Letras: inglês e espanhol da Faculdade Educacional da Lapa (FAEL) (2016)

Gilles Jean Abes, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Santa Catarina

Professor adjunto do DLLE na Universidade Federal de Santa Catarina. Possui doutorado no Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução - PGET/UFSC.

Referências

BAUDELAIRE, Charles. As flores do mal. Tradução de Mário Laranjeira. - São Paulo: Martin Claret, 2011.

LARANJEIRA, Mário. Poética da tradução: do sentido à significância. - São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 2003.

Downloads

Publicado

2018-12-12

Edição

Seção

Entrevistas