Entrevista com Irineu Franco Perpétuo

Autores

  • Andréa Cesco Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC
  • Juliana Cristina Faggion Bergmann Universidade Federal de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2015v35n2p501

Palavras-chave:

Entrevista, Tradução, Literatura

Resumo

Irineu Franco Perpétuo é jornalista, natural de São Paulo. Em 2006, já com 12 anos de profissão, começa suas primeiras traduções, sem abandonar seu trabalho como jornalista, crítico e autor de livros teóricos especializado em música erudita, áreas que se cruzarão constantemente em sua vida profissional.

A fluência em tantas línguas, aliada a sua expertise na área da música, fizeram com que se tornasse tradutor de textos jornalísticos em inglês para a Revista Concerto e de libretos de ópera do italiano e do alemão para o Teatro Municipal de São Paulo. Já no campo literário, suas traduções são fundamentalmente de textos russos, ora escolhidos por ele, ora solicitados por editoras. Seu mais recente trabalho na área foi a publicação do livro Memórias de Um Caçador, de Ivan Turguêniev, editado em 2013 pela Editora 34, sendo essa a 6ª tradução de diferentes autores russos como Púchkin, Maiakóvski, Tchékhov e Grossman. No caso desse último, o romance Vida e destino, publicado pela Editora Alfaguara em 2014, foi indicado ao prêmio Jabuti de tradução em 2015, e a coletânea A Estrada tem sua tradução ainda no prelo, também pela Editora Alfaguara.

Biografia do Autor

Andréa Cesco, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC

Professora do Programa de Pós-Graduação em Estudos da Tradução (PGET), Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras (LLE) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Juliana Cristina Faggion Bergmann, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora do Departamento de Metodologia do Ensino (MEN) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC).

Downloads

Publicado

2015-11-11