A coesão lexical no conto Le horla e em sua tradução.

Claudia Maria Xatara

Resumo


Este artigo apresenta um exercício de análise das marcas lexicais que conferem coesão aos enunciados do conto Le Horla, de Guy de Maupassant, e observe como essa coesão foi percebida na tradução O Horla, com o objetivo de verificar a competência textual da recepção e da reprodução, sempre em jogo no processo tradutório.

Palavras-chave


coesão lexical, tradução, competência textual.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/%25x



Cadernos de Tradução, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil. ISSN 2175-7968.