As representações sociais acerca de GAY entre estudantes da periferia do Rio de Janeiro

Luciano Luz Gonzaga, Andrea Velloso da Silveira Praça, Denise Rocha Corrêa Lannes

Resumo


http://dx.doi.org/10.5007/1807-1384.2014v11n2p162

O objetivo deste artigo foi identificar as Representações Sociais acerca da homossexualidade entre estudantes do Ensino Médio Regular, em uma escola pública da Baixada Fluminense, no Estado do Rio de Janeiro, segundo a orientação sexual e sexo. Foi aplicada uma questão de associação livre de palavras a partir da palavra indutora “gay”, bem como uma questão aberta sobre “o que você acha da união homoafetiva”. Nossos dados demonstraram uma crença conflitante e indefinida acerca do ser gay em ambos os sexos, assim como discursos coletivos sobre a união homoafetiva de pleno aceite pelas meninas e de homofobia familiar pelos meninos.


Palavras-chave


Gay; Representações Sociais; Homofobia; Heterossexismo; Preconceito

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/1807-1384.2014v11n2p162

Direitos autorais



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.