A leitura em sala de aula como mediadora de construção de igualdade de gênero

Marlise Buchweitz Klug, Rosimeire Simões de Lima, Tatiana Bolivar Lebedeff

Resumo


O presente artigo visa refletir sobre ações em sala de aula que permitem discutir a igualdade de gênero. A partir disso, analisa-se um trabalho com educandos do Ensino Médio das disciplinas de Língua Portuguesa, Literatura e Produção Textual, no qual são trabalhados o vídeo Vida Maria, de Márcio Ramos, e os contos A moça tecelã e Para que ninguém a quisesse, de Marina Colasanti. Os objetivos foram levar ao universo dos alunos a temática de gênero e fazê-los confrontar suas ideias com os textos apresentados, tanto pela leitura e debate dos contos quanto pela escrita de suas memórias em relação ao lido. A metodologia baseou-se na discussão de assuntos pertinentes aos adolescentes e na seleção de textos – escritos e visuais – que pudessem trazer reflexões sobre o ser mulher, além do trabalho em sala de aula de leitura, discussão e debate sobre os textos e escrita de análises por parte dos alunos. Os resultados visam a refletir sobre os modos de ser e de agir que se repetem ao longo dos tempos, para os alunos sujeitos críticos e talvez até transformadores da realidade em que vivem.


Palavras-chave


Leitura; Gênero; Igualdade; Memória; Identidade

Texto completo:

PDF/A

Referências


AMADO, Jorge. Tereza Batista cansada de guerra, 1972, p.46.

BARRETO, Sávia. Jornalista faz experimento e sofre assédio por duas horas andando em Teresina. In: O olho, 2014. Disponível em Acesso em: 25 ago. 2015.

http://noticias.oolho.com.br/noticia/jornalista-faz-experimento-e-sofre-assedio-por-2-horas-andando-em-teresina

COLASANTI, Marina. Para que ninguém a quisesse. In: Contos de amor rasgados. Rio de Janeiro: Rocco, 1986. pp. 111-112.

COLASANTI, Marina. A moça tecelã. In: Um espinho de marfin & outras histórias. Porto Alegre: L&PM, 2012. pp. 11-14.

DATASENADO. Violência Doméstica e Familiar Contra a Mulher. Secretaria de Transparência, 2013. Disponível em < http://www.senado.gov.br/senado/datasenado/pdf/datasenado/DataSenado-Pesquisa-Violencia_Domestica_contra_a_Mulher_2013.pdf> Acesso em: 21 ago. 2015.

http://www.senado.gov.br/senado/datasenado/pdf/datasenado/DataSenado-Pesquisa-Violencia_Domestica_contra_a_Mulher_2013.pdf

EL-JAICK, Márcio. No presente. São Paulo: GLS, 2008. ISBN 978-85-86755-51-4. Disponível em . Acesso em: 11 out. 2012.

http://www.igualdadedegenero.cnpq.br

LOURO, Guacira Lopes. Gênero e sexualidade: pedagogias contemporâneas. In: Pro-Posições, v. 19, n. 2 (56) – maio/ago 2008, p. 17-23. Disponível em < http://www.scielo.br/pdf/pp/v19n2/a03v19n2.pdf> Acesso em 14 ago. 2015

PÁTIO. Porto Alegre: Artmed. 2008. Trimestral.

VIDA MARIA. Produção: Márcio Ramos. Curta-metragem. 3 D. 35 mm. 8 min 34 s. 2006.

VEJA. São Paulo: Editora Abril. 2010. Semanal.




DOI: https://doi.org/10.5007/1807-1384.2016v13n1p95

Direitos autorais 2016 Revista Internacional Interdisciplinar INTERthesis



R. Inter. Interdisc. INTERthesis, Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, eISSN 1807-1384

 

Licença Creative CommonsConteúdos do periódico licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição 4.0 Internacional.