Características do espaço arquitetônico facilitadoras do ensino e aprendizagem

Autores

  • Maria do Carmo de Lima Bezerra Universidade de Brasília, Brasília, DF
  • Mona Lisa Choas Universidade de Brasília, Brasília, DF

DOI:

https://doi.org/10.5007/1807-1384.2016v13n2p58

Palavras-chave:

Geogestão, Espaço Arquitetônico, Espaço de Aprendizagem, Universidade de Brasília

Resumo

O artigo discute a relevância do espaço arquitetônico como facilitador do processo de ensino e aprendizagem. Utiliza metodologia analítica fundamentada na pesquisa bibliográfica para conhecer a visão das áreas da arquitetura e da pedagogia sobre o tema, e identificar atributos espaciais relevantes para facilitar a educação. A pesquisa demonstrou que existem recorrências apontando os campos disciplinares do conforto ambiental, ergonomia e psicologia ambiental, os quais foram objeto dessa investigação conceitual quanto aos impactos positivos e negativos de cada atributo, dos referidos campos disciplinares, sobre os espaços escolares. Como resultado é apresentado um Quadro de Referência de atributos, suas possibilidades de espacialização e a relevância para o ensino e aprendizagem a ser utilizado como apoio à formulação de programas de necessidades arquitetônicas, ou seja: na primeira etapa do processo de elaboração de um projeto de arquitetura.

Biografia do Autor

Maria do Carmo de Lima Bezerra, Universidade de Brasília, Brasília, DF

Doutora em Estruturas Ambientais Urbanas pela Universidade de São Paulo. Pós-doutorado no AAP, Cornell Univiersity, USA. Professora da Universidade de Brasília atuando no Programa de mestrado e doutorado em Arquitetura e Urbanismo, membro do Conselho de Planejamento Territorial e Urbano do Distrito Federal, DF, Brasil

Mona Lisa Choas, Universidade de Brasília, Brasília, DF

Doutoranda em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade de Brasília, Arquiteta pela mesma universidade. Distrito Federal, DF, Brasil

Referências

Almeida, Claudia Maria de et al. (2007) - Geoinformação em urbanismo: Cidade Real X Cidade Virtual. Oficina de Textos, São Paulo, 366 p.

Amorim, Claudia Naves David (1998) - Desempenho Térmico de Edificações e Simulação Computacional no Contexto da Arquitetura Bioclimática: estudo de caso da Região de Brasília. Dissertação de Mestrado em Arquitetura apresentada à Universidade de Brasília.

Barguil, Paulo Meireles (2006) - O Homem e a conquista dos espaços. O que os alunos e os professores fazem, sentem e aprendem na escola. UFCE, Fortaleza, 427 p.

Barros, Raquel R. M. Paula et al. (2005) – Conforto e Psicologia Ambiental: A Questão do espaço pessoal no Projeto Arquitetônico. ENCAC-ELACAC 2005, Maceió, Alagoas, Brasil – 5 a 7 de outubro de 2005.

Beltrame, Maria Bontorin & MOURA, Graziella Ribeiro Soares (2009) – Edificações escolares: Infraestrutura Necessária ao Processo de Ensino e Aprendizagem Escolar. Projeto Saber. Revista Travessias, Vol. 3, No 2. Disponível online no endereço url: http://www.unioeste.br/prppg/mestrados/letras/revistas/travessias/ed_006/EDUCA%C7AO/PDF/EDIFICA%C7%D5ES%20ESCOLARES.pdf (acedido em janeiro, 2013).

Câmara, Gilberto et al. (2001a) - Introdução à Ciência da Geoinformação: Conceitos Básicos em Ciência da Geoinformação. INPE (INPE-8563-PRE/ 307. São Paulo/SP), São José dos Campos.

Câmara, Gilberto et al. (2001b) - Fundamentos Epistemológicos da Ciência da GeoInformação. Disponível online no endereço url: www.dpi.inpe.br/gilberto/livro/introd/cap5-epistemologia.pdf. (Acedido em março, 2009).

Campos-de-Carvalho, Mara Ignez et al. (2011) - Ambiente, in Cavalcante, Sylvia & Elali, Gleice (orgs.): Temas básicos em Psicologia Ambiental. Vozes, Petrópolis, 28-43.

Carpintero, Antonio Carlos & Almeida, Jaime Gonçalves (2008) - Teorias do Espaço Educativo. Módulo 10. Universidade de Brasília, 106 p.

Castro, Iara Souza et al. (2006) - Cognição e Percepção Visual: a Influência da Iluminação artificial sobre uma Atividade de Trabalho realizada em um ambiente informatizado confinado. 14º Congresso Brasileiro de Ergonomia, Curitiba/PR. Disponível online no endereço url: http://www.iar.unicamp.br/lab/luz/ld/Linguagem%20Visual/

cognicao_e_percepcao_visual.pdf (acedido em dezembro, 2013).

Cordovez, Juan Carlos Gortaire (2002) – Geoprocessamento como Ferramenta de Gestão Urbana, in Anais do I Simpósio Regional de Geoprocessamento e Sensoriamento Remoto. Aracaju/SE, 17 e 18 de outubro de 2002. Disponível online no endereço url: http://www.cpatc.embrapa.br/labgeo/srgsr1/pdfs/pa_pu_01.PDF (acedido em janeiro, 2010).

Davis Júnior, Clodoveu Augusto (2000) - Múltiplas Representações em Sistemas de informação Geográficos. Tese de Doutorado em Ciências da Computação apresentada à Universidade Federal de Minas Gerais.

Domingues, Cristiane Vaz V. & Françoso, Maria Tereza (2008) – Aplicação de Geoprocessamento no Processo de Modernização da Gestão Municipal. Revista Brasileira de Cartografia, ISSN 1808-0936, No 60/01. Disponível online no endereço url: http://www.rbc.lsie.unb.br/index.php/rbc/article/viewFile/56/56. (Acedido em janeiro, 2012).

Elali, Gleice Azambuja (2003) – O ambiente da escola: uma discussão sobre a relação escola-natureza em educação infantil. Estudos de Psicologia, Vol. 8, No 2, 309-319. Disponível online no endereço url: http//www.scielo.br/pdf/epsic/v8n2/1904 (acedido em 2 março, 2013).

Funari, Teresa B. S & Kowaltowski, Doris C. C. K. (2005) – Arquitetura Escolar e Avaliação Pós-ocupação. ENCAC-ELACAC, Maceió, Alagoas, Brasil. Disponível online no endereço url: pesqdoris.e-social.com.br/publicacoes/?task=getfile&file=pub (acedido em novembro, 2013).

Geonet (2012). Disponível online no endereço url: http://geonet.ctbctelecom.com.br/glossario.cfm (acedido em setembro, 2012).

Gifford, Robert (2002) - Environmental Psychology, Principles and Practice. 3rd, Ed. Optimal Books, Canadá.

Gunther, Hartmut (2003) – Mobilidade e affordance como cerne dos Estudos Pessoa-Ambiente. Estudos de Psicologia, Vol. 8, No 2, 27.

Laville, Antoine (1977) - Ergonomia. EPU, EDUSP, São Paulo, 99 p.

Lima-Marques, Mamede & Macedo, Flavia Lacerda Oliveira de (2005) –Arquitetura da Informação: base para a Gestão do Conhecimento, in TARAPANOFF, K. (org.): Gestão da Informação e do Conhecimento em Organizações. Glonal Editora, 1a ed., São Paulo, 177-192.

Lima-Marques, Mamede (2007) - Arquitetura da Informação. Disponível online na url: http://aprender.unb.br/course/view.php?id=1014 (acedido em junho, 2009).

Marques, Maria da Conceição da Costa (2000) - Alguns Aspectos da Gestão Pública na Administração Central em Portugal. Universidade Aberta Comunicación presentada en el I Encuentro Iberoamericano de Contabilidad de Gestión. Valencia – Noviembre. Disponível online no endereço url: http://www.observatorio-iberoamericano.org/paises/spain/art%C3%ADculos%20diversos%20sobre%20contabilidad%20de%20gesti%C3%B3n/I%20Encuentro%20Iberoamericano%20Cont.%20Gesti%C3%B3n/Proyecciones% 20Sectoriales/MariaCCosta.pdf (acedido em agosto, 2012).

Matai, Patrícia Helena Lara dos Santos & Matai, Shigueharu (2006) – Ensino Cooperativo: Espaço Físico in Anais do XXXIV Congresso Brasileiro de Ensino de Engenharia Universidade de Passo Fundo, 1314-1328. Disponível online no endereço da url: http://www.dee.ufma.br/~fsouza/anais/ arquivos/1113769.pdf (acedido em 25 maio, 2010).

Melatti, Sheila Pércia do Prado Cardoso (2004) - A arquitetura escolar e a prática pedagógica. Joinville, 2004. Disponível online na url: http://www.tede.udesc.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=277 (acedido em outubro, 2013).

Nogueira, Esther (2011) - A importância do espaço como fator de desenvolvimento, Aprendizagem e Bem Estar das crianças e professoras e como parte integrante da ação pedagógica - 3ª Formação PAIC. Secretaria Municipal de educação. Educação Infantil de Juazeiro do Norte. Disponível online na url: http://www.google.com.br/url?sa=t&rct=j&q=&esrc=s&frm=1&source=web&cd=1&ved=0CDAQFjAA&url=http%3A%2F%2Fxa.yimg.com%2Fkq%2Fgroups%2F27271184%2F897245085%2Fname%2FUNKNOWN_PARAMETER_VALUE&ei=LC8qUb3sN4eW8gTfzoGgBg&usg=AFQjCNFESyFqbSZ5kvBUYIYbCsZw08Ze9A&sig2=g6fVyvNfdtRaB32FQytZtg&bvm=bv.42768644,d.eWU (acedido em janeiro, 2013).

Reis, Antônio Tarcísio da Luz & Lay, Maria Cristina Dias (2006) – Avaliação da qualidade de projetos – uma abordagem perceptiva e Cognitiva– “Evaluation of design quality – a perceptive and cognitive Approach”. Ambiente Construído, ISSN 1415-8876, Vol. 6, No3, 21-34. Disponível online na url: http://seer.ufrgs.br/ambienteconstruido/article/viewFile/

/2057 (acedido em abril, 2013).

Rocha, Isabel Amália Medero (2005) - O Espaço Arquitetônico entre o real e o Virtual. Simulação ou realidade? Universidade do Vale do Rio dos Sinos. Curso de Arquitetura e Urbanismo. Disponível online no endereço url: http://cumincades.scix.net/data/works/att/sigradi2005_517.content.pdf (acedido em maio de 2013).

Santa Rosa, Antonio Nuno de Castro (2011) - Geogestão Dinâmica. Instituto de Geociências. Universidade de Brasília, Brasília-DF.

Serra, Geraldo (1987) - O Espaço Natural e a Forma Urbana. Editora Nobel, São Paulo, 211 p.

Silva, Gomes da & Guerra, Denise Sans (2012) - Reflexões sobre o Diálogo entre Espaços Físicos e o Cotidiano na Educação Infantil. GT-07, PUC-RJ – GT: Educação de Crianças de 0 a 6 Anos/No 07. PUC/Rio. Disponível online no endereço url: http://www.anped.org.br/reunioes/29ra/trabalhos/trabalho/GT07-1891--Int.pdf (acedido em janeiro, 2013).

Sommer, Robert (1973) - Espaço Pessoal: As Bases Comportamentais de Projetos e Planejamentos. Pedagógica e Universitária Ltda., São Paulo, 220 p.

Sommer, Robert (2002) – O desenvolvimento e a aplicação dos conceitos de espaço pessoal, in DEL RIO, Vicente et al. (orgs.). Projeto do lugar – colaboração entre psicologia, arquitetura e urbanismo. Contra capa, Rio de Janeiro, 392 p.

Universidade de Brasília (2006) - Manual do Sistema de Informação de Registro e Concessão de Uso - SIRC, Brasília-DF.

Veiga, Ilma Passos Alencastro (2002) - Projeto político-pedagógico da escola: uma construção possível. Papirus, 14a ed., Campinas, 192 p.

Downloads

Publicado

2016-06-15

Edição

Seção

Artigos - Condição Humana e Saúde na Modernidade