A ética protestante e a formação de um ethos esportivo

Narayana Astra van Amstel, Leonardo do Couto Gomes, Marcelo Moraes e Silva

Resumo


A presente resenha retrata a obra de Steven Overman, denominada “The Protestant Ethic and the Spirit of Sport: How Calvinism and Capitalism Shaped America’s Games”. Sob linhagem teórica weberiana e com influência direta de Allen Guttmann, o autor resgata as doutrinas puritanas do período reformista, como consequência e causa do espírito capitalista americano. Ao propor as sete virtudes calvinistas como características essenciais da ética protestante, Overman demonstra como as mesmas culminaram no establishment das instituições americanas, inclusive as relacionadas à esfera esportiva. Ao relacionar as virtudes e doutrinas oriundas da reforma no ethos americano, o autor identifica suas correspondências no espírito do esporte, demonstrando como competições escolares e universitárias, o olimpismo moderno e a profissionalização de clubes e atletas, comungam com o capitalismo e protestantismo nos EUA.


Palavras-chave


Capitalismo; Protestantismo; Esporte

Texto completo:

PDF/A

Referências


OVERMAN, Steven. The Protestant Ethic and the Spirit of Sport: How Calvinism and Capitalism Shaped America’s Games. Macon, GA: Mercer University Press, 423p., 2011.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2018v30n56p225



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA