Jovens praticantes de skate e seu cotidiano

Marcelo Rampazzo, Marco Paulo Stigger

Resumo


Nessa pesquisa, focamos os jovens e seu cotidiano, trazendo elementos que discutem o lazer, família, educação e trabalho. Pesquisa realizada com um grupo de jovens skatistas, numa pista pública de skate na cidade de Porto Alegre - RS. Foram ao todo nove meses de observação direta, cada qual relatada em Diários de Campo. Procuramos compreender como o lazer dos jovens que se dava pela prática do skate, se relacionava como outros aspectos de seu cotidiano. Após concluir o trabalho, consideramos que - para se manter na prática do skate - os jovens necessitam conciliar as cobranças de suas famílias, além das rotulações e estereótipos impostas de fora do universo de praticantes desse esporte. Percebemos, ainda, que os jovens passam por tudo isso com o propósito de manter seus “projetos” no skate.


Palavras-chave


Jovens; Cotidiano; Esporte; Skate; Lazer

Texto completo:

PDF/A

Referências


BASTOS, Billy Graeff. Estilo de vida e trajetórias sociais de skatista: da “vizinhança” ao “corre”. 2006. 174p. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humanos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2006.

BOURDIEU, Pierre. A "juventude" é só uma palavra. In: Questões de sociologia. Rio de Janeiro; Editora Marco Zero Limitada, 1983. p. 151-160.

DAYRELL. Juarez. A escola “faz” as juventudes? Reflexões em torno da socialização juvenil. Educação e Sociedade, Campinas, vol. 28, n. 100 – Especial, p. 1105-1128, out. 2007. Disponível em Acesso em 28/07/2011.

GUIMARÃES, Nadya Araújo. Trabalho: uma categoria-chave no imaginário juvenil?. In: ABRAMO, Helena Wendel; BRANCO, Pedro Paulo Martoni. Retratos da juventude brasileira: Análise de uma pesquisa nacional. São Paulo, Editora Fundação Perseu Abramo, 2005. p. 149-174.

LINS DE BARROS, Myriam Moraes. Trajetórias de jovens adultos: ciclo de vida e mobilidade social. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, ano 16, n.34, p.71-92, jull./dez., 2010.

MAGNANI, José Guilherme Cantor. De perto e de dentro: notas para uma etnografia urbana. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v. 17, n. 49, p. 11-29, 2002.

MAGNANI, José Guilherme Cantor. Etnografia como prática e experiência. Horizontes Antropológicos, Porto Alegre, a. 5, n.32, p. 129-156, jul./dez., 2009.

MAGNANI, José Guilherme Cantor; SOUZA, Bruna Mantese (Orgs.). Jovens na metrópole: etnografias de circuitos de lazer, encontros e sociabilidade. São Paulo: Terceiro Nome, 2007.

PAIS, José Machado. Lazeres e sociabilidades juvenis – um ensaio de análise etnográfica. Análise Social, vol, 25 (108-109), (4° e 5°) p. 591-644, 1990.

RECKZIEGEL, Ana Cecília de Carvalho. Restinga Crew: dança de rua, sociabilidade e lazer. In: STIGGER, Marco Paulo; GONZÁLEZ, Fernando Jaime; SILVEIRA, Raquel. O esporte na cidade: estudos etnográficos sobre sociabilidades esportivas em espaços urbanos. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007.

ROCHA, Ana Luiza Carvalho da; ECKERT, Cornélia. Etnografia: saberes e práticas. In: PINTO, Celi Regina Jardim; GUAZZELLI, Cesar Barcellos (orgs.). Ciências humanas: pesquisa e método. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2008.

STIGGER, Marco Paulo. Esporte, lazer e estilos de vida: um estudo etnográfico / Marco Paulo Stigger – Campinas, SP: Autores Associados, chancela editorial Colégio Brasileiro de Ciências do Esporte (CBCE), 2002. – (Coleção educação física e esportes).

THOMASSIM, Luís Eduardo. O “Público-alvo” nos Bastidores da Política: um estudo sobre o cotidiano de crianças e adolescentes que participam de projetos sociais esportivos. 2010. 297p. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-graduação em Ciências do Movimento Humano, UFRGS. 2010.

VELHO, Gilberto. Individualismo e cultura: notas para uma antropologia da sociedade contemporânea. – 5.ed. – Rio de Janeiro: Jorge Zahar Ed., 1999 (Antropologia social).




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2016v28n48p207



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA