Etnografias: notas sobre percursos teóricos-metodológicos de produção de conhecimento na Educação Física

Ariane Corrêa Pacheco, Raquel da Silveira, Marco Paulo Stigger

Resumo


A etnografia, ao ser apropriada por pesquisadores/as da Educação Física, apresenta-se como um potente caminho para a produção de conhecimento e insere-se em uma agenda de discussão sobre modos e possibilidades com que pode ser realizada. O objetivo desse estudo foi refletir sobre nossas experiências em realizar etnografias, em especial sobre as mudanças nesse fazer a partir da aproximação com os Estudos Sociais da Ciência e Tecnologia. Considerando quatro pesquisas etnográficas, cujos objetos estavam ligados ao esporte praticado por mulheres (voleibol e futsal), ao talento esportivo e à ciência da Educação Física, apresentamos um relato que evidencia o que se ‘ganhou’ (ou ‘perdeu’) quando modificamos as formas de olhar, ouvir, fazer, escrever e analisar nas pesquisas etnográficas.

Palavras-chave


Etnografia; Educação física; Ciência; Esporte

Texto completo:

PDF/A

Referências


CARDOSO DE OLIVEIRA, R. O trabalho do Antropólogo: olhar, ouvir, escrever. In: CARDOSO DE OLIVEIRA, R. O Trabalho do Antropólogo. Brasília/São Paulo: Paralelo Quinze/Editora da Unesp, 1998, p. 17-35.

FONSECA, C.; SÁ, G. Apresentação. Horizontes Antropológicos. Porto Alegre, ano 17, n. 15, p. 7-23, jan./jun. 2011.

GEERTZ. C. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1989.

HAYASHI, M. C. P. I. et al. Sociologia da ciência: primeiras aproximações ao campo. Revista Tecnologia e Sociedade, Curitiba, v. 6, n. 11, 2010.

LATOUR. B. Jamais fomos modernos: ensaio de antropologia simétrica. Rio de Janeiro: Editora 34, 1994.

LATOUR, B. Ciência em Ação: como seguir cientistas e engenheiros sociedade afora. São Paulo: Editora UNESP, 2000.

LATOUR, B. A esperança de pandora: ensaios sobre a realidade dos estudos científicos. Bauru, São Paulo: EDUSC, 2001.

LATOUR, B. Reagregando o social: uma introdução à teoria do Ator-Rede. Salvador: Edufba; Bauru, São Paulo: Edusc, 2012.

LATOUR, B. Faturas/Fracturas: da noção de rede à noção de vínculo. In: SEGATA, J.; RIFIOTIS, T. (orgs.). Políticas Etnográficas no Campo da Cibercultura. Brasília, Joinville: ABApublicações, 2016. p. 67-90.

LATOUR, B.; WOOLGAR, Steve. A vida de laboratório: a produção dos fatos científicos. Tradução Ângela Ramalho Vianna. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 1997.

MAGNANI, J. G. C. Antropologia e Educação Física. In: CARVALHO, Y. M.; RUBIO, K. (org.). Educação Física e Ciências Humanas. São Paulo: Editora Hucitec, 2001, p. 17-25.

MAGNANI, J. G. C. De perto e de dentro: notas para uma etnografia urbana. Revista Brasileira de Ciências Sociais, São Paulo, v.17, n.49, p.11-29, 2002. "

MYSKIW, M.; MARIANTE NETO, F.; STIGGER, M. P. Estranhando as necessidades da pesquisa: reflexões sobre os posicionamentos de quem escreve sobre a cultura. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, Florianópolis, v. 36, n. 2, supl., p. S297-S309, abr./jun. 2014.

OLIVEIRA, R. C.; DAÓLIO, J. Pesquisa etnográfica em Educação Física: um (re)leitura possível. Revista Brasileira Ciência e Movimento, [s.l], v. 15, n. 1, p. 137-143, 2007.

PACHECO, A. C. “É lazer, tudo bem, mas é sério”: o cotidiano de uma equipe máster feminina de voleibol. 2012. 128 f. Dissertação (Mestrado em Ciências do Movimento Humano) - Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

PACHECO, A. C. Talento Esportivo: uma etnografia sobre as produções de talentos em práticas na Educação Física. 2017. 177f. Tese (Doutorado em Ciências do Movimento Humano) - Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

SILVEIRA, R. Esporte, homossexualidade e amizade: estudo etnográfico sobre o associativismo no futsal feminino. 2008. 156f. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano, UFRGS, Porto Alegre, 2008.

SILVEIRA, R. Vivendo ciências: as (co)existências de diferentes ontologias científicas da Educação Física. 2016. 433f. Tese (Doutorado em Ciências do Movimento Humano). Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, 2016.

SILVEIRA, R.; PACHECO, A. C. Etnografias: relatos de experiências de pesquisas da Educação Física. In: VIII Congresso Sulbrasileiro de Ciências do Esporte, 2016, Crisciúma. Anais... Crisciúma: UNESC, 2016. p.1-15.

STIGGER, M. P. Estudos etnográficos sobre esporte e lazer: pressupostos teórico-metodológicos e pesquisa de campo. In: STIGGER, M. P.; GONZÁLEZ, F. J., SILVEIRA, R. O esporte na cidade: estudos etnográficos sobre sociabilidades esportivas em espaços urbanos. Porto Alegre: Editora da UFRGS, 2007, p. 31-50.

STIGGER, M. P. Grupo de Estudos Socioculturais em Educação Física (GESEF): uma trajetória meio-briográfica em diálogo com estudos do lazer. Revista Brasileira de Estudos do Lazer, Belo Horizonte, v. 2, n. 3, set./dez., 2015.

STIGGER, M. P.; MYSKIW, M.; SILVEIRA, R. Estudos 'no lazer' e contribuições do Grupo de Estudos Socioculturais em Educação Física (GESEF-UFRGS). In: UVINHA, R. R. (Org.). Lazer no Brasil: grupos de pesquisa e associações temáticas. 1ed.São Paulo: Edições Sesc, 2018, v. 1, p. 240-257.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2020e61637



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA