Victor Gollancz: um editor socialista nos anos do Popular Front britânico

Autores

  • Matheus Cardoso Silva Departamento de História, Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2016v8n15p87

Palavras-chave:

Victor Gollancz, História do Livro, Esquerda britânica

Resumo

O artigo visa considerar a trajetória de Victor Gollancz (1893-1967), um dos mais importantes editores e ativistas humanitários britânicos do século XX. Como livreiro, Gollancz fundou sua própria editora em 1927, a Victor Gollancz Ltd., uma das mais bem sucedidas companhias britânicas do século XX. Em 1935, seria cofundador do Left Book Club em Londres, considerado o primeiro clube do livro da era moderna na Grã-Bretanha, cujos trabalhos duraram até 1947 e inspirou a criação de mais de 1500 seções locais por toda a Inglaterra e mais de 15 outras seções internacionais com filiais em todos os continentes. Como militante humanitário, Gollancz foi responsável por inúmeras campanhas de apoio aos refugiados da Guerra Civil espanhola na Inglaterra e, durante a Segunda Guerra Mundial, das vítimas civis na Alemanha, além de campanhas pela melhoria das condições das prisões na Grã-Bretanha.

Biografia do Autor

Matheus Cardoso Silva, Departamento de História, Universidade de São Paulo

Doutor em História Social, Departamento de História, Universidade de São Paulo. Pesquisador associado do GRUPHI - Grupo de Pesquisa em História Intelectual e ao LabTeo - Laboratório de Teoria da História e História da Historiografia, Departamento de História, Universidade de São Paulo.

Referências

BUCHANAN, Tom. Britain and the Spanish Civil War. New York: Cambridge University Press, 1997.

GOLLANCZ, Victor. “Political education classes”. Left News, n.22, fevereiro de 1938.

GOLLANCZ, Victor; STRACHEY; LASKI. “The L.B.C. In a War time”. Left News, n.41, setembro de 1939.

HODGES, Sheila. Gollancz: The Story of a Publishing House, 1928-78. London: Gollancz, 1979.

MEYERS, Jeffrey (org.). George Orwell: The critical heritage. London, Boston: Routledge & K. Paul, 1975.

RODDEN, John. "On the Political Sociology of Intellectuals: George Orwell and the London Left Intelligentsia of the 1930s". Canadian Journal of Sociology/Cahiers canadiens de sociologie > v.15, n.3 (Summer, 1990). Disponível em: http://links.jstor.org/sici?sici=03186431%28199022%2915%3A3%3C251%3AOTPSOI%3E2.0.CO%3B2-Z

SAMUELS, Stuart.” The Lef Book Club”. Journal of Contemporary History, Vol. 1, No. 2, Left-Wing Intellectuals between the Wars (1966), p.83. Disponível em:

http://www.jstor.org/stable/259923

STRACHEY, J. “Barbarian at the Gate – a critique”. Left News. Novembro de 1937.

Downloads

Publicado

2017-02-06