O fenômeno da pós-verdade e suas implicações para a agenda de pesquisa na Ciência da Informação

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2020.e72673

Palavras-chave:

Pós-verdade, Epistemologia da ciência da informação, Informações falsas

Resumo

Objetivo: Apresentar as características do fenômeno conhecido como pós-verdade e como ele se coloca para a agenda de pesquisas da ciência da informação.

Método: É realizada uma revisão de literatura atualizada sobre o fenômeno da pós-verdade e seu tensionamento com a literatura sobre epistemologia da ciência da informação, considerando-se autores e perspectivas de diferentes países.

Resultado: Evidencia-se que o fenômeno da pós-verdade implica alterações consideráveis na maneira como a informação é produzida, compartilhada, consumida e utilizada, apresentando dimensões até então inéditas nas questões informacionais. A produção intelectual da ciência da informação, que privilegiou por décadas determinadas dimensões dos fenômenos informacionais (relevância, recuperação, estratégias de busca, dinâmicas de identidade e memória) não desenvolveu até o momento categorias de análise adequadas para se ter uma centralidade da dimensão de “verdade” da informação.

Conclusões: Recomenda-se que a ciência da informação aproveite as categorias de análise e modelos teóricos já existentes, aliadas a novos esquemas interpretativos a serem criados, para diagnosticar, caracterizar e propor formas de resistência e ação às consequências negativas do fenômeno da pós-verdade.

Biografia do Autor

Carlos Alberto Ávila Araújo, Universidade Federal de Minas Gerais

Professor associado da ECI/UFMG. Pós-doutor pela Universidad de Salamanca e pela Universidade do Porto. Doutor em Ciência da Informação.

Referências

APARICI, R.; GARCÍA-MARÍN, M. (Coords). La posverdad: una cartografia de los médios, las redes y la política. Barcelona: Gedisa, 2019.

BAWDEN, D.; ROBINSON, L. Introduction to information science. Londres: Facet, 2012.

BLATT, R. Historia reciente de la verdad. Madrid: Turner, 2018.

BRONCANO, F. Puntos ciegos: ignorancia pública y conocimiento privado. Madrid: Lengua de Trapo, 2019.

CASARA, R. A era pós-democrática. Porto: Exclamação, 2019.

COLL-VINENT, R. Ciencia documental: princípios y sistemas. Barcelona: Mitre, 1984.

CRONIN, B. The sociological turn in information science. Journal of Information Science, v. 34, n. 4, 2008, p. 465-475.

DAVIS, C.; SHAW, D. Introduction to information science and technology. Medford: Information Today, 2001.

DEBONS, A.; HORNE, E.; CRONENWETH, S. Information science: an integrated view. Boston: G. K. Hall, 1988.

EATWELL, R.; GOODWIN, M. Nacionalpopulismo: por qué está triunfando y de qué forma es un reto para la democracia. Barcelona: Península, 2019.

ESTEVE, A. Prólogo. El triángulo: política, economía y periodismo. In: ALAPONT, M. P. La comunicación en la era Trump. Barcelona: UOC, 2017, p. 15-18.

FUKUYAMA, F. Identidad: la demanda de dignidad y las políticas de resentimiento. Barcelona: Deusto, 2019.

GARCÍA-MARÍN, D.; APARICI, R. Estrategias de la posverdad y política cyborg. In: APARICI, R.; GARCÍA-MARÍN, M. (Coords). La posverdad: una cartografia de los médios, las redes y la política. Barcelona: Gedisa, 2019, p. 115-130.

GILCHRIST, A. (Ed.). Information science in transition. Londres: Facet, 2009.

GÓMEZ DE ÁGREDA, Á. Mundo Orwell: manual de supervivencia para un mundo hiperconectado. Madrid: Ariel, 2019.

HJORLAND, B. Library and information science (LIS), Part I. Knowledge Organization, v. 45, n. 3, 2018a, p. 232-254.

HJORLAND, B. Library and information science (LIS), Part 2. Knowledge Organization, v. 45, n. 4, 2018b, p. 319-338.

KAKUTANI, M. La muerte de la verdad: notas sobre la falsedad en la era Trump. Barcelona: Galáxia Gutemberg, 2019.

LINARES COLUMBIÉ, R. Ciencia de la información: su história y epistemología. Santa Fé: Rojas Eberhard, 2005.

McINTYRE, L. Posverdad. Madrid: Cátedra, 2018.

MUROLO, L. La posverdad es mentira. Un aporte conceptual sobre fake news y periodismo. In: APARICI, R.; GARCÍA-MARÍN, M. (Coords). La posverdad: una cartografia de los médios, las redes y la política. Barcelona: Gedisa, 2019, p. 65-80.

NOBLE, S. U. Algorithms of oppression: how search engines reinforce racism. Nova Iorque: New York University Press, 2018.

SANTAELLA, L. A pós-verdade é verdadeira ou falsa? Barueri: Estação das Letras e Cores, 2019.

SERRANO OCEJA, J. F. La sociedad del desconocimiento: comunicación posmoderna y transformación cultural. Madrid: Encuentro, 2019.

WILBER, K. Trump y la posverdad. Barcelona: Kairós, 2018.

Publicado

2020-05-08

Edição

Seção

Artigo