A célula mater da composição musical e seus traços genéticos: uma análise sobre os documentos musicais

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2023.e86803

Palavras-chave:

Documento musical, Informação musical, Partituras, Documentos musicográficos

Resumo

Objetivo: Este estudo tem como objeto de análise o documento musical, com o objetivo de evidenciar se a criação musicográfica pode gerar outros documentos interligados em si por uma célula mater, estando cada documento atrelado ao contexto sociocultural em que foi produzido.

Método: Trata-se de uma pesquisa descritiva e documental de natureza qualitativa, em que foi adotado o método indiciário, que direcionou o levantamento de informações significativas para o estudo.

Resultado: Como resultados, foram evidenciados que a criação musical quando registrada pela primeira vez, surge sua célula mater, que poderá se multiplicar e/ou subdividir, tanto na perspectiva do documento quanto da informação. A respeito da informação, da célula mater poderá surgir arranjos, edições, adaptações que são consideradas neste estudo como ramificações da composição original da obra. Quanto aos documentos, uma partitura pode subdividir em partes que apresentam trechos de instrumentos musicais específicos.

Conclusões: Conclui que a concepção de célula mater na criação musical pode contribuir para que os profissionais da informação possam aprimorar os processos relacionados ao tratamento dos documentos musicográficos, evidenciando os aspectos socioculturais em que o documento e suas ramificações foram produzidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Claudia Medeiros de Sousa, Federal University of Bahia

Professora Adjundo do Departamento de Documentação e Informação da Universidade Federal da Bahia. Professora Colaboradora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação - UFBA. Doutora pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba.

Bernardina Maria Juvenal Freire de Oliveira , Federal University of Paraíba

Professora Adjunto do Departamento de Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Professora Permanente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal da Paraíba. Doutora em Letras.

Referências

ASSMANN, Aleida. Espaços da recordação: formas e transformações da memória cultural. Campinas: Editora da Unicamp, 2011.

ASSUNÇÃO, Maria Clara Rabanal da Silva. Conservación, gestión y valoración del patrimonio musical regional. In: JORNADAS SOBRE PATRIMONIO BIBLIOGRAFICO EN CASTILLA, 1.,2005, La Mancha. Anais [...]. Toledo: Consejería de Cultura de Castilla - La Mancha, 2005.

BOLAÑOS, Esteban Cabezas. La organización de Archivos Musicales marco conceptual. Información, Cultura y Sociedad, [S.l.], n. 13, 2005. Disponível em: https://revistascientificas.filo.uba.ar/index.php/ICS/article/view/899. Acesso em: 30 mar. 2022.

BURKE, Peter. O que é História Cultural? 2 ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

CAFÉ, Lígia; BARROS, Camila M. Abordagens metodológicas das pesquisas sobre organização da informação musical. Revista Brasileira de Biblioteconomia e Documentação, São Paulo, v. 14, n. 3, p. 304-323, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/100181. Acesso em: 07 jan. 2023.

CASTAGNA, Paulo. Entre arquivos e coleções: desafios do estudo de conjuntos documentais musicográficos a partir de suas características intrínsecas. Interfaces, Rio de Janeiro, n.29, v. 2, p. 22-41, 2019. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/interfaces/article/view/31503. Acesso em: 30 mar. 2022.

CAMPOS, Arthur Ferreira; OLIVEIRA, Henry Poncio Cruz de. Traçados teóricos sobre informação e pervasividade. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v. 25, n. 3, p. 448-46, 2020. Disponível em: https://revistas. acbsc.org.br/racb/article/view/1697. Acesso em: 30 mar. 2022.

COPLAND, Aaron. Como ouvir e entender música. Rio de Janeiro: Artenova, 1974.

COTTA, André Guerra. O tratamento da informação em acervos de manuscritos musicais brasileiros. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 5, n. 1, 2007. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/v/38222. Acesso em: 30 mar. 2022.

DODEBEI, Vera Lúcia Doyle. O sentido e o significado de documento para Memória Social. 1997. Tese. Doutorado em Comunicação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1997.

FARIA, M. M. de. O tratamento documental dos arquivos musicais e a busca de práticas comuns no tratamento da música brasileira para orquestra. Opus: Revista Eletrônica da ANPPOM. Goiânia, v. 15, n. 1, p. 85-90, 2009. Disponível em: https://www.anppom.com.br/revista/index.php/opus/article/view/267. Acesso em: 30 mar. 2022.

FREIRE, Gustavo Henrique. Ciência da Informação: temática, histórias e fundamentos. Perspectiva em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.1, n 2., p.6-19, 2006. Disponível em: https://portaldeperiodicos.eci.ufmg.br/index.php/pci/article/view/442. Acesso em: 30 mar. 2022.

GINZBURG, Carlo. Mitos, emblemas, sinais: Morfologia e história. São Paulo: Companhia das Letras, 1986.

GOMES, Amanda. A atuação profissional em arquivos musicais: algumas considerações. Múltiplos Olhares em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v. 7, n. 1, p.1-13, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufmg.br/index.php/moci/article/view/17021. Acesso em: 30 mar. 2022.

KERMAN, Joseph. Opus 86 - Musicologia. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

MARTELETO, Regina Maria. Cultura informacional: construindo o objeto informação pelo emprego dos conceitos de imaginário, instituição e campo social. Ciência da Informação, v. 24, n. 1, p. 1-8, 1995. Disponível em: https://revista.ibict.br/ciinf/article/view/613/615. Acesso em: 06 jan. 2023.

MERRIAM, Alan P. The Antropology of Music. Evanston: Northewestern University Press, 1964.

PACHECO, Kátia Lúcia. Manifestações de obras musicais: o uso do título uniforme. 2009. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Curso de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2009.

PACHECO, Kátia Lúcia. Obra e instanciações na organização da informação musical: estudo da adequação do modelo conceitual. 2016. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Minas Gerais. Belo Horizonte, 2016.

PACHECO, Kátia Lúcia; ALVARENGA, Lídia. Manifestações de obras musicais: o uso do título uniforme. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 13., Rio de Janeiro, 2012. Anais [...], Rio de Janeiro, 2012. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/175166. Acesso em: 06 jan. 2023.

SANTINI, Rose Marie; SOUZA, Rosali Fernandez de. Recuperação da informação de música e a Ciência da Informação: tendências e desafios de pesquisa. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 8., Salvador, 2007. Anais [...]. Salvador, 2007. Disponível em: www.enancib.ppgci.ufba.br/artigos/GT2--143.pdf. Acesso em: 30 mar. 2022.

SILVA, Jonathas Luiz Carvalho; GOMES, Henriette Ferreira. Conceitos de informação na Ciência da Informação: percepções analíticas, proposições e categorizações. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v.25, n.1, p. 145-157, 2015. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/95387. Acesso em: 30 mar. 2022.

SMIRAGLIA, Richard P. Works as entities for information retrieval. New York: The Haworth Press, 2002.

SOUSA, Ana Claudia Medeiros de. Nos acordes do Quinteto da Paraíba: memórias e escritos de um acervo. 2018. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal da Paraíba. João Pessoa, 2018.

SOTUYO BLANCO, Pablo. Documentação musical e musicográfica: em prol de uma terminologia necessária. In: SOTUYO BLANCO, Pablo; SIQUEIRA; Marcelo Nogueira de; VIEIRA, Thiago de Oliveira (org.). Ampliando a discussão em torno de documentos audiovisuais, iconográficos, sonoros e musicais. Salvador: Edufba, 2016.

STONE, Ruth M. Theory for Ethnomusicology. New Jersey: Pearson Prentice Hall, 2008.

Publicado

2023-04-06

Como Citar

SOUSA, Ana Claudia Medeiros de; OLIVEIRA , Bernardina Maria Juvenal Freire de. A célula mater da composição musical e seus traços genéticos: uma análise sobre os documentos musicais : . Encontros Bibli: revista eletrônica de biblioteconomia e ciência da informação, [S. l.], v. 28, p. 1–21, 2023. DOI: 10.5007/1518-2924.2023.e86803. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/eb/article/view/86803. Acesso em: 23 maio. 2024.

Artigos Semelhantes

<< < 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.