Uma proposta de sequência de ensino investigativa sobre quantidade de movimento, sua conservação e as leis de Newton

Alex Bellucco, Anna Maria Pessoa de Carvalho

Resumo


Com o intuito de contribuir para a melhoria do ensino de física, que passa por uma crise refletida pela ínfima procura por cursos de ciências exatas, apresentamos uma proposta de Sequência de Ensino Investigativa (SEI) planejada para o desenvolvimento de situações argumentativas, ou seja, atividades essenciais no processo de aprendizagem. Inicialmente mostramos as características específicas (ou campo dependentes) da argumentação científica que pretendemos potencializar: seriação, classificação e organização de informações, levantamento e teste de hipóteses, justificativa, explicação, previsão, abdução, dedução, indução, raciocínio lógico e proporcional. Em seguida discutimos o que constitui tal proposta de ensino, envolvendo a formulação de um problema e a elaboração de hipóteses a partir das concepções dos estudantes para sua resolução, chegando à passagem da linguagem cotidiana para a científica. Por fim, expomos a sequência de atividades. Focamos em um tema pouco abordado nas turmas de nível médio, que é a quantidade de movimento e sua conservação, e fundamentado neste estudo, introduzimos atividades para o ensino das leis de Newton. Propomos o uso de experimentos investigativos, questões e problemas abertos e textos ao longo das aulas.


Palavras-chave


Sequências de Ensino Investigativas; Argumentação; Quantidade de Movimento; Leis de Newton

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-7941.2014v31n1p30

 


Cad. Bras. Ens. Fís. UFSC, Florianópolis, SC, Brasil - - - eISSN 2175-7941 - - - está licenciada sob Licença Creative Commons
> > > > >