O Olhar de uma Francesa Exploradora na Amazônia na virada do Século XX: Tradução Comentada de Voyage au Rio Curua, de Octavie Coudreau

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2022.e90695

Palavras-chave:

Tradução de Relato de Viagem, Tradução Comentada, Octavie Coudreau

Resumo

No presente trabalho, tem-se como objetivo apresentar a tradução do francês para o português do Brasil do primeiro capítulo da obra Voyage au Rio Curua (1903), de Octavie Coudreau, acompanhada de comentários a respeito das escolhas tradutórias. Também é um objetivo deste artigo apresentar algumas informações biobibliográficas sobre a autora, bem como comentários a respeito do texto de Coudreau. A obra em questão é um relato de viagem e foi fruto de uma das várias missões exploratórias realizadas pela autora. Octavie Coudreau iniciou seu trabalho como exploradora ao lado de seu marido, Henri Anatole Coudreau, trabalho esse que continuou sozinha após a morte do esposo.

Biografia do Autor

Sheila dos Santos, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora adjunta na área de francês da Universidade Federal de Santa Catarina. Doutora em Estudos da Tradução pela PGET-UFSC.

Clarrisa Marini, Universidade de Brasília

Professora de Língua Francesa do bacharelado em Línguas Estrangeiras Aplicadas LEA-MSI na Universidade de Brasília-UnB. Ex-Professora de Língua Francesa do Bacharelado Interdisciplinar em Humanidades da Universidade Federal do Oeste da Bahia - UFOB. Doutora em Estudos da Tradução - PGET, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC (2019). Período sanduíche na Universidade Sorbonne (Paris IV) de agosto/2018 a janeiro/2019. Mestra em Estudos da Tradução - POSTRAD, Universidade de Brasília - UnB. Bacharel em Letras-Tradução-Francês pela Universidade de Brasília - UnB. Ex-Professora substituta do bacharelado em Letras-Tradução-Francês na Universidade de Brasília - UnB. Ex-Professora Substituta do bacharelado em Línguas Estrangeiras Aplicadas - LEA-MSI na Universidade de Brasília - UnB.

Referências

Berman, Antoine. A tradução e a letra ou o albergue do longínquo. Tradução de Marie-Hélène Catherine Torres; Mauri Furlan; Andreia Guerini. 2ª edição. Tubarão: Copiart; Florianópolis: PGET/UFSC, 2013.

Coelho, Matheus Camilo; Benchimol, Alegria; Miranda, Elis de Araújo. “As Contribuições de Henri Coudreau à Coleção Etnográfica do Museu Paraense Emílio Goeldi”. Museologia & Interdisciplinaridade. v. 9, nº 17 (2020): 202–219. DOI: 10.26512/museologia.v9i17.19690. Disponível em: https://periodicos.unb.br/index.php/museologia/article/view/19690. Acesso em 24 de fevereiro de 2022.

Coudreau, Henri Anatole. Les français en Amazonie. Paris: Librairie Picard-Bernheim et Cie e Alcide Picard et Kaan éditeurs, 1887. Disponível em: https://bityli.com/foMRR. Acesso em 20 de março de 2022.

Coudreau, Octavie. Voyage au Cuminá 20 Avril 1900 - 7 Septembre 1900, Paris: A. Lahure, 1901. Disponível em: https://archive.org/details/voyageaucumin1901coud . Acesso em 14 de março de 2022.

Coudreau, Octavie. Voyage au Rio Curua : 20 novembre 1900 – 7 mars 1901. Paris : Lahure, 1903.

Merquior, J. G. De Anchieta a Euclides: breve história da literatura brasileira I. 3. ed. Rio de Janeiro: Topbooks, 1996.

Meschonnic, Henri. La ponctuation, graphie du temps et de la voix. Revue La Licorne, nº 52 (2000). Disponível em: https://licorne.edel.univ-poitiers.fr/index.php?id=5856. Acesso em 25 de março de 2022.

Munanga, Kabengele. Negritude: usos e sentidos. 4ª edição. Belo Horizonte: Autêntica, 2020.

Pageaux, Daniel-Henri. “De l’imagerie culturelle à l’imaginaire”. Précis de littérature comparée. Dirigido por Brunel, Pierre Brunel e Chevrel, Yves. Paris: PUF, 1989. pp. 133-162. URL: http://rrlinguistics.ru/journal/article/548/. Acesso em 10 de março de 2022.

Ribeiro, Roberto Carlos. Literatura de viagem e historiografia literária brasileira. I Revista Letras & Letras. v. 23, nº 1 (2007): 145-159. Disponível em: https://seer.ufu.br/index.php/letraseletras/article/view/25280/14073. Acesso em 02 de março de 2022.

Rossato, Luciana. A lupa e o diário: história natural, viagens científicas e relatos sobre a Capitania de Santa Catarina (1763-1822). Itajaí: Universidade do Vale do Itajaí, 2007.

Serça, Isabelle. Esthétique de la ponctuation. Paris: Gallimard, 2012.

Souza Filho, Durval de. “Ciência e Arte nas fotografias de viajantes na Amazônia no século XIX”. História, comunicação, biodiversidade na Amazônia. Organizado por Malcher, Maria Ataide; Marques, Jane Aparecida; De Paula, Leandro Raphael. São Paulo: Acquerello, 2012. Disponível em: https://livroaberto.ufpa.br/jspui/bitstream/prefix/257/1/CapitulodeLivro_ImprensaParaenseHistoria.pdf. Acesso em 10 de março de 2022.

Verissimo, Erico. Breve história da literatura brasileira. Tradução de Maria da Glória Bordini. São Paulo: Globo, 1995.

Downloads

Publicado

2022-11-25

Edição

Seção

Traduzindo a Amazônia II