A modelagem científica vista como um campo conceitual

Autores

  • Rafael Vasques Brandão Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Física Instituto de Física – UFRGS Porto Alegre – RS
  • Ives Solano Araujo Instituto de Física – UFRGS Porto Alegre – RS
  • Eliane Angela Veit Instituto de Física – UFRGS Porto Alegre – RS

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7941.2011v28n3p507

Palavras-chave:

Modelagem científica, Campo conceitual, Ensino de Física

Resumo

Este trabalho defende a tese de que o processo de modelagem científica pode ser visto como um campo conceitual subjacente ao domínio de campos conceituais específicos em Física e possui implicações relevantes para o Ensino de Física e a pesquisa nessa área centrados na estratégia didática da modelagem. Para tanto, apoia-se na visão epistemológica de Mario Bunge sobre modelagem científica e na Teoria dos Campos Conceituais de Gérard Vergnaud, levando em conta as ideias de Weil-Barais e Vergnaud sobre concepções em Física.

Downloads

Publicado

2011-01-01

Edição

Seção

Pesquisa em Ensino de Física