O (re)conhecimento da cultura na Educação Física latino-americana: uma leitura a partir de documentos educacionais

Vitor Hugo Marani, Reginaldo Calado de Lima, Larissa Michelle Lara

Resumo


O texto foi estruturado pelo reconhecimento da tematização da cultura na educação física a partir da leitura de documentos educacionais orientadores da referida área em países latino-americanos. Para tanto, foram selecionados oito países que integram a América Latina – Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Cuba, México, Uruguai e Venezuela – bem como, os respectivos documentos que orientam a educação e a educação física desses países com o intuito de problematizar como a cultura emerge nesses diferentes contextos sociais. A partir da leitura, foi possível constatar que a cultura não é um dos principais temas abordados nos documentos, embora esteja presente na discussão que envolve a área sob prismas distintos. Em suma, grande parte dos documentos tematiza a cultura a partir de perspectivas em que a tônica esteja no diálogo com a área das ciências humanas e sociais, o que aponta para a movimentação da área em buscar novas problemáticas que se atentem à valorização do movimento humano nas aulas de educação física por meio do reconhecimento das particularidades culturais de cada país.


Palavras-chave


Educação física; Cultura; Políticas educacionais

Texto completo:

PDF/A

Referências


ARGENTINA. Ley de Educación Nacional nº 26026, de 14 de dezembro de 2006. Lei de Educación Nacional. Buenos Aires, 2006. Disponível em: http://www.me.gov.ar/doc_pdf/ley_de_educ_nac.pdf. Acesso em: abril/2017

ARGENTINA. Anexo Resolución CFE Nº285/16, de 12 de fevereiro de 2016. Plan Estratégico Nacional 2016-2021. Buenos Aires, 2016. Disponível em: https://www.argentina.gob.ar/sites/default/files/plan_estrategico_y_matriz_v9.pdf. Acesso em: abril/2017.

BARRIO, Ángelo Baldomero Espina. Manual de antropologia cultural. Recife: Massangana, 2005.

BAUMAN, Zygmunt. A cultura no mundo líquido moderno. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

BOLÍVIA. Lei nº 1565, de 7 de julho de 1994. Ley de la Reforma Educativa. La Paz, 1994. Disponível em: http://www.oei.es/historico/quipu/bolivia/Ley_Reforma_Educativa_1565.pdf. Acesso em: abril/2017.

BOLÍVIA. Educación Secundaria Comunitaria Productiva: Programa de Estudio. La Paz, 2014. Disponível em: https://drive.google.com/file/d/0B3K1Vlq_fX0dOHFUTXJmVVl3c0k/view/https://drive.google.com/file/d/0B3K1Vlq_fX0dWWh6TVdIeFhKSzA/view. Acesso em: abril/2017.

BOLÍVIA. Ley 070, de 20 de dezembro de 2010. Ley de la Educación Nº 070 “Avelino Siñani - Elizardo Pérez”. La Paz, 2010. Disponível em: www.oei.es/historico/quipu/bolivia/Leydla%20.pdf. Acesso em: abril/2017.

CHILE. Decreto nº 433, de 19 de dezembro 2012. Establece Bases Curriculares para la educación básica en asignaturas que indica. Santiago, 2012. Disponível em: https://www.leychile.cl/Navegar?idNorma=1047359. Acesso em: abril/2017.

CHILE. Decreto Supremo de Educación Nº 433. Bases Curriculares para la Educación Básica. Santiago, 2013. Disponível em: https://educrea.cl/bases-curriculares-educacion-basica-ano-2013/. Acesso em: abril/2017.

COLÔMBIA. Plan Nacional de Desarollo de la Educación Física. Bogotá, 2002. Disponível em: http://docencia.udea.edu.co/edufisica/guiacurricular/PLANNALEDUFISICA.pdf. Acesso em: abril/2017.

CUBA. Ley nº 936, de 1961. Creación del Instituto Nacional de Deportes, Educación Física y Recreación. Havana, 1961. Disponível em: http://ibdd.com.br/norma-ley-no-936-de-creacion-del-instituto-nacional-de-deportes-educacion-fisica-y-recreacion/. Acesso em: abril/2017.

CUCHE, Denys. A noção de cultura nas ciências sociais. Bauru: EDUSC, 1999.

DENNING, Michael. A cultura na era dos três mundos. São Paulo: Francis, 2005.

EAGLETON, Terry. A ideia de cultura. 2. ed. São Paulo: Unesp, 2003.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: LTC, 2008.

HALL, Stuart. A centralidade da cultura: notas sobre as revoluções culturais do nosso tempo. Educação & Realidade, Porto Alegre, v. 22, n. 2, p. 15-46, jul-dez 1997.

HELL, Victor. A ideia de cultura. São Paulo: Martins fonte, 1989.

JEAGER, Werner Wilhelm. Paidéia: a formação do homem grego. 3. ed. São Paulo: Martins Fontes, 1995.

LARAIA, Roque de Barros. Cultura: um conceito antropológico. Rio de Janeiro: Zahar, 2014.

MÉXICO. Ley General de Cultura Física y Deporte. Ciudad de Mexico, 2014. Disponível em: https://www.gob.mx/cms/uploads/attachment/file/128288/Ley_Gral_de_CF_y_Deporte.pdf 2014. Acesso em: abril/2017.

MÉXICO. Plan de Estudios: Educación Básica. Ciudad de Mexico, 2011. Disponível em: http://comisioniberoamericana.org/gallery/planestudios11.pdf. Acesso em: abril/2017.

TYLOR, Edward Burnett. Primitive culture: researches into the development of mythology, philosophy, religion, art, and custom. 6ª. ed. London.: [s.n.], 1920.

URUGUAI. Ley nº 18.437, de 17 de janeiro de 2009. Lei General de Educación. Montevidéu, 2009. Disponível em: http://www2.ohchr.org/english/bodies/cat/docs/AnexoXIV_Ley18437.pdf. Acesso em: abril/2017.

URUGUAI. Educación Física y Recreación. Montevidéu, 2006. Disponível em: https://www.ces.edu.uy/ces/images/stories/reformulacion06primerocb/edfisica1cb.pdf. Acesso em: abril/2017.

VENEZUELA. Gaceta Oficial N° 39.741, de 23 de agosto de 2011. Ley Orgánica de Deporte, Actividad Física y Educación Física. Caracas, 2011. Disponível em: http://www.educapais.org.ve/educapais/wp-content/uploads/Ley-Organica-de-Deporte-y-Educacion-Fisica.pdf. Acesso em: abril/2017.

WILLIAMS, Raymond. Cultura e sociedade: de Coleridge a Orwell. Petrópolis: Vozes, 2011.




DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2019e55644



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA