O atleta e a publicidade: reflexões acerca dos contratos publicitários esportivos expostos nas obras literárias de Harlan Coben

Laís Cristyne Alexandre dos Santos, André Mendes Capraro

Resumo


Harlan Coben, escritor estadunidense de romances policiais, utiliza elementos esportivos como constituintes de sua estrutura narrativa. Desse modo, procuramos identificar as relações estabelecidas entre o meio esportivo e a publicidade expostas nas obras “Quebra de Confiança” (2011) e “Jogada Mortal” (2012), primeiras tramas da série “Myron Bolitar”, por meio da análise dos personagens Christian Steele e Duane Richwood. Para tal, utilizaram-se os preceitos acerca da análise literária proposta por Antonio Candido (2000), que considera texto e contexto como constructos das narrativas, constatando-se que Coben retrata tais personagens como garotos-propaganda sujeitos às efemeridades presentes tanto no meio esportivo, quanto na permanência relacionada aos conglomerados de mídia, bem como pontua empresas de produtos esportivos de alto impacto neste segmento mercadológico dos anos 1990. 


Palavras-chave


Esportes; Literatura; Atletas; Publicidade como Assunto

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2017v29n52p231



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA