História do Trabalho:o velho, o novo e o global

Marcel van der Linden

Resumo


O artigo apresenta uma nova fase da História Social do Trabalho, caracterizada pela tentativa de superação do nacionalismo metodológico e do Eurocentrismo, cujo potencial vem se revelando extremamente rico no estabelecimento de uma perspectiva global de entendimento da classe trabalhadora e de sua história. Uma nova História Global do Trabalho vem se estabelecendo como uma “área de interesse”, caracterizada por certo pluralismo teórico e pelo interesse temático no estudo transnacional e mesmo transcontinental das relações de trabalho e nos movimentos sociais de trabalhadores no sentido mais amplo da palavra. Trabalho livre e não-livre, remunerado e não remunerado, organizações formais e informais, em um recorte cronológico mais amplo, constituem os objetos desses novos estudos. Por fim o artigo fornece alguns exemplos de trabalhos de pesquisa que caminham na direção de uma História Global do Trabalho.


Palavras-chave


História do Trabalho; História Global

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-9222.2009v1n1p11