Relações entre ontologia e epistemologia e a reflexão filosófica sobre o trabalho educativo

Autores

  • Newton Duarte Universidade do Estado de São Paulo, Araraquara

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Resumo

O texto apresenta parte dos estudos filosóficos que vêm sendo
desenvolvidos em uma pesquisa voltada para a contribuição a uma teoria do trabalho educativo. Defende-se a necessidade de articular-se a ontologia e a epistemologia, quando se tem por objetivo desenvolver uma abordagem histórico-social do processo de conhecimento e do trabalho educativo. É apresentada uma crítica ao modelo epistemológico conhecido como "interacionismo" (Piaget), que se caracterizaria por uma biologização das questões gnosiológicas. Na busca de uma abordagem histórico-social do processo de conhecimento é analisada a dialética entre o processo histórico-social de produção da cultura material e não material e o processo pelo qual essa cultura é apropriada pelos indivíduos. Postula-se
que essa dialética constitui o fundamento ontológico dos processos gnosiológicos e educativos. Analisa-se ainda uma definição de trabalho educativo compatível com esses fundamentos filosóficos.

Biografia do Autor

Newton Duarte, Universidade do Estado de São Paulo, Araraquara

Graduou-se em Pedagogia pela UFSCAR em 1985, mestre em Educação pela mesma em 1987. doutorado na UNICAMP em 1992. Docente na UNESP em psicologia da educação. Pós-doutorado na U.T, Canadá, com bolsa da CAPES.

Mais informações: Currículo Lattes - CNPq.

Downloads

Publicado

1998-01-01

Como Citar

Duarte, N. (1998). Relações entre ontologia e epistemologia e a reflexão filosófica sobre o trabalho educativo. Perspectiva, 16(29), 99-116. https://doi.org/10.5007/%x