Entrevista com Marta Arumí Ribas: "Interpretación, competencia y servicios públicos”

“Interpretación, competencia y servicios públicos”

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2021.e76325

Palavras-chave:

Entrevista, Marta Arumí Ribas

Resumo

Entrevista com Marta Arumí Ribas: “Interpretación, competencia y servicios públicos”

Biografia do Autor

Carlos Henrique Rodrigues, Universidade Federal de Santa Catarina

Professor Adjunto do Departamento de Libras (DLSB) e Professor Permanente do Programa de Pós-graduação em Estudos da Tradução (PGET) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC); tutor do Programa de Educação Tutorial dos Cursos de Letras da UFSC; líder e pesquisador do InterTrads - Núcleo de Pesquisas em Interpretação e Tradução de Línguas de Sinais (InterTrads-UFSC); Pós-doutorado pela Universitat Autònoma de Barcelona junto ao Grupo PACTE (2017-2018); Doutor em Linguística Aplicada (Estudos da Tradução) pelo PosLIN-FALE-UFMG (2013); Mestre em Educação (Educação e Linguagem) pelo Posgrad-FaE-UFMG (2008); Especialista em Educação Inclusiva pela Escola de Governo da Fundação João Pinheiro (2006); Bacharel em Teologia com ênfase em pesquisa pela FATEBH (2001); Educador de Jovens e Adultos - PEFEJA-FaE-UFMG (2002); Bacharel e Licenciado em História pela FAFICH-UFMG (2003/ 2004); tradutor e intérprete de Libras-Português, certificado pela FENEIS (2002), pelo CASBH (2006) e pelo PROLIBRAS-MEC-UFSC (2006); professor de Libras certificado pelo PROLIBRAS-MEC-UFSC (2007). Foi, durante anos (2006-2009), professor-formador de intérpretes de Libras-Português do Centro de Capacitação de Profissionais da Educação e Atendimento às Pessoas com Surdez - CASBH-DESP-SEEMG. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em Educação Inclusiva - Educação de Surdos, atuando principalmente nos seguintes temas: educação e diversidade, fundamentos da educação inclusiva, Língua Brasileira de Sinais e educação; e, também, na área de Estudos da Tradução e Estudos da Interpretação, com ênfase em Estudos da Tradução e da Interpretação de Línguas de Sinais, atuando principalmente nos seguintes temas: estudos processuais da tradução e da interpretação, Teoria da Relevância aplicada à tradução e à interpretação, tradução e interpretação intermodal e efeitos de modalidade, Didática da Tradução e formação de tradutores.

Macarena Dehnhardt Amengual, Universitat Autònoma de Barcelona

Macarena Dehnhardt is a Chilean Ph.D. student in the program of Translation and Intercultural Studies, taught by the Universitat Autònoma de Barcelona (UAB). In Chile, she obtained a bachelor’s degree in Hispanic Literature and Linguistic by the Universidad de Chile. Afterward, she fulfilled a master’s degree in the UAB. During the master, she began her research in the communication between the Chilean public services and the Haitians immigrants that arrived in Chile. For this purpose, she decided to work with the areas of Public Service Interpreting and Translation Policies. At present, Dehnhardt is developing an in-depth research about this topic in her Ph.D. thesis, funded by a scholarship provided by the Chilean State. The aim is to analyze the Translation Policies that the Chilean public institutions have taken to overcome language barriers with Haitians and how these policies are embodied in different initiatives in the healthcare, educational and justice domains.

Referências

Arumí Ribas, M. (2012). Problems and Strategies in Consecutive Interpreting: A Pilot Study at Two Different Stages of Interpreter Training. Meta, 57(3), 812–835. https://doi.org/10.7202/1017092ar

Arumí Ribas, M., Gil-Bardají, A., & Vargas-Urpi, M. (2011). Traducció i immigració: la figura de l'intèrpret als serveis públics de Catalunya. Quaderns: Revista de traducció, (18), 0199-218.

Ribas, M. A. (2017a). The fuzzy boundary between the roles of interpreter and mediator in the public services in Catalonia: Analysis of interviews and interpreter-mediated interactions in the health and educational context. Across Languages and Cultures, 18(2), 195-218. https://doi.org/10.1556/084.2017.18.2.2

Arumí Ribas, M. (2017b). Nuevos retos en la formación de intérpretes: la integración del componente metacognitivo en el aula. TRANS. Revista De Traductología, (13), 149-162. https://doi.org/10.24310/TRANS.2009.v0i13.3163

Arumí Ribas, M., & Sánchez Gijón, P. (2019). La toma de notas con ordenadores convertibles en la enseñanza-aprendizaje de la interpretación consecutiva. Resultados de un estudio piloto en una formación de máster. Revista Tradumàtica: Tecnologies de la Traducció, (17), 128-152

Publicado

2021-05-25