Undokai: encontro esportivo dos nipo-brasileiros em Ivoti/Rio Grande do Sul

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2022.e84237

Palavras-chave:

Esporte, Nipo-brasileiros, História

Resumo

O objetivo deste estudo é compreender como se constituiu o encontro esportivo Undokai dos nipo-brasileiros em Ivoti/Rio Grande do Sul, Brasil, no início do século XXI. Realizou-se uma coleta de informações, principalmente em jornais, os quais foram submetidos à técnica da análise documental. Evidenciou-se que o Undokai foi instituído como uma das formas de preservar a cultura do grupo de nipo-brasileiros residentes na cidade de Ivoti. A despeito das dificuldades enfrentadas nos primeiros tempos, tais tradições não foram submergidas com o movimento migratório. Por meio de encontros esportivos, este grupo também buscou distinguir-se diante de diferentes grupos étnicos que compunham a sociedade em que estavam inseridos.

Biografia do Autor

Josiana Ayala Ledur, ESEFID/UFRGS

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano da ESEFID/UFRGS. Porto Alegre/Rio Grande do Sul, Brasil.

Janice Zarpellon Mazo, ESEFID/UFRGS

 Doutora em Ciências do Desporto. Professora associada da Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança (ESEFID) da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre/Rio Grande do Sul, Brasil.

Pauline Iglesias Vargas, Universidade Federal do Paraná

Doutora em Educação Física Universidade Federal do Paraná, Departamento de Educação Física, Curitiba, Brasil

André Mendes Capraro, Universidade Federal do Paraná

Doutor em História Universidade Federal do Paraná, Departamento de Educação Física, Curitiba, Brasil

Referências

A INFLUÊNCIA DOS IMIGRANTES JAPONESES. O Diário, Ivoti, 20 out. 2000, p.8. Acervo da Biblioteca Pública Municipal Laís Helena Bruck Mundstock da cidade de Ivoti.

ASSOCIAÇÃO DE ASSISTÊNCIA NIPO E BRASILEIRA DO SUL- Undokai. Informativo

Enkyosul, Porto Alegre, 2014, p. 2. Acervo Associação de Assistência Nipo e Brasileira do Sul (ENKYOSUL).

BACELLAR, Carlos. Fontes documentais: uso e mau uso dos arquivos. In: PINSKY, Carla Bessanezi (Org.). Fontes históricas. 2 ed. São Paulo: Contexto, 2010. p.23-80.

BURKE, Peter. O que é História Cultural. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

CANTARINO FILHO, Mário Ribeiro; MIURA, Hiromi. Japão e Brasília: imigração e esporte. Brasília: Thesaurus, 2010.

CBBS. Confederação de beisebol e softbol. Sobre a CBBS. Disponível em: https://www.cbbs.com.br/pt/SiteConteudo.php?idParentConteudo=3489. Acesso em: 11 jan. 2019.

CHARTIER, Roger. A história cultural: entre práticas e representações. Lisboa: DIFEL; Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

CRAVO, Ana Carla; SOARES, André Luis Ramos. Um Breve Olhar Sobre a Mulher Nikkei na Imigração. Congresso Internacional de História. Maringá, 2009. Disponível em: http://jararaca.ufsm.br/websites/nep/download/TExtos/mulher%20nikkei.pdf. Acesso em: 22 mar 2018.

ENKYOSUL. Jornal da Associação de Assistência Nipo e Brasileira do Sul, abr. 2012, p.1. Acervo da Associação de Assistência Nipo e Brasileira do Sul (ENKYOSUL).

FROSI, Tiago Oviedo. Uma história do karate-do no Rio Grande do Sul: de arte marcial a prática esportiva. Dissertação (Mestrado)- Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2012.

FUKUDA, Ossami; STANGANELLI, Julius. Beisebol. In.: DACOSTA, L. (Org.). Atlas do esporte no Brasil: atlas do esporte, educação física e atividades físicas de saúde e lazer no Brasil. Rio de Janeiro: Shape, 2006.

GAUDIOSO, Tomoko Kimura. A presença dos primeiros japoneses no Brasil. In: Tecendo Relações: 200 anos de encontros entre Brasil e Japão. Cadernos do Programa de Pós-Graduação em Direito – PPGDir./UFRGS. Edição Especial. Porto Alegre, 2003, p. 9-19.

GINCANA esportiva Undokai. O Diário, Ivoti, 14 abr. 2003. Edição 662, Ano XI- Sessão Geral, p. 6. Acervo da Biblioteca Pública Municipal Laís Helena Bruck Mundstock da cidade de Ivoti.

GINCANA na Colônia Japonesa. O Diário, Ivoti, 20 abr. 2006. Edição 1433, Ano XVI. Sessao Esporte, p. 23. Acervo da Biblioteca Pública Municipal Laís Helena Bruck Mundstock da cidade de Ivoti.

GOIS JUNIOR, Edivaldo. O esporte e a modernidade em São Paulo: práticas corporais no fim do século XIX e início do XX. Movimento, v. 19, n.4, p. 95-117, out./dez., 2013. Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/1153/115328881005.pdf. Acesso em: 5 out 2018.

HANDA, Tomoo. O imigrante Japonês: história de sua vida no Brasil. São Paulo: Ed. Centro de Estudos Nipo-brasileiro, 1987.

ISHITANI, Cecilia Kiku. Ensaio sobre a herança cultural japonesa incorporada à sociedade brasileira. In: FUNDAÇÃO ALEXANDE DE GUSMÃO. Ensaios sobre a herança cultural japonesa à sociedade brasileira. Brasília: FUNAG, 2008, 85-107.

LEDUR, Josiana Ayala. Práticas corporais na colônia japonesa de Ivoti, Rio Grande do Sul (década de 1980 à década de 2010). 2017. 136 f. Dissertação (Mestrado) – Escola de Educação Física, Fisioterapia e Dança, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

LEDUR, Josiana Ayala; ASSMANN, Alice Beatriz; MAZO, Janice Zarpellon. Sumô: esporte de japonês em Ivoti/RS. Motrivivência, v. 30, n. 56, p. 120-139, 2018. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/motrivivencia/article/view/2175-8042.2018v30n56p120. Acesso em: 12 de agosto 2018.

LOPES, Viviane Ferreira. O transbortamento da influência: brasileiros não-descendentes e a imigração japonesa. In: FUNDAÇÃO ALEXANDRE DE GUSMÃO. Ensaios sobre a herança cultural japonesa incorporada à sociedade brasileira. Brasília: FUNAG, 2008, p. 203-232.

MARTINELLO, André Souza; DE CARVALHO, Ely Bergo. Colonização japonesa em Santa Catarina: metamorfoses na imigração tutelada. História Unisinos, v. 15, n.3, p. 453-465, 2011. Disponível em: http://revistas.unisinos.br/index.php/historia/article/view/htu.2011.153.13. Acesso em: 22 de setembro de 2019.

MORAIS, Fernando. Corações sujos. São Paulo: Companhia das Letras, 2000.

NETO, Helena Brum; BEZZI, Meri Lourdes. Regiões culturais: a construção de Identidades culturais no Rio Grande Do Sul e sua manifestação na paisagem gaúcha. Revista Sociedade & Natureza, Uberlândia, 20 (2): 135-155 dez. 2008. Disponível em: Regiões culturais: a construção de Identidades culturais no Rio Grande Do Sul e sua manifestação na paisagem gaúcha. Acesso em: 21 de jan. 2018.

NUNES, Alexandre Velly. A influência da imigração japonesa no desenvolvimento do judô brasileiro: uma genealogia dos atletas brasileiros medalhistas em Jogos Olímpicos e campeonatos mundiais. Tese de (Doutorado)- Escola de Educação Física e Esporte da Universidade de São Paulo, 2011.

OS DEKASSEGUIS. O Diário, Ivoti, 12 junho de 2008, p.12. Acervo da Biblioteca Pública Municipal Laís Helena Bruck Mundstock da cidade de Ivoti.

PESAVENTO, Sandra Jatahy. História & História Cultural. Belo Horizonte: Autêntica, 2008.

PREFEITO prestigia Undokai na Colonia Japonesa. Site do Municipio de Ivoti. 25 mar. 2013. Disponível em: http://www.ivoti.rs.gov.br/noticias/2013/03/25/2295. Acesso em: 22 fev. 2018.

RESSTEL, Cizina Célia Fernandes Pereira. Desamparo psíquico nos filhos de Dekasseguis no retorno ao Brasil. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual Paulista, Faculdade de Ciências e Letras de Assis, 2014.

SATO, Aureo de Jesus. Undokai: a construção da identidade étnico-cultural em torno da niponicidade. Anais XXVI SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA – ANPUH. São Paulo, julho, 2011.

SHIMIZU, Satoshi. Synchronizing Body States: Training the Body at School and Performing the Body in the City. In: KELLY, W.; SUGIMOTO, A. This Sporting Life: Sports and Body Culture in Modern Japan. 2007. CEAS Occasional Publication Series. Book 1.

SILVA, Alexandra Begueristain da. Nihonjinkai- a associação dos imigrantes japoneses em Santa Maria/RS-sec. XX. Tese de (Doutorado) Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, 2019.

SILVA, Ana Marcia. Entre o corpo e as práticas corporais. Revista Arquivos em Movimento. Rio de Janeiro, Edição Especial, v.10, n.1, p.5-20, jan./jun. 2014. Disponível em: https://revistas.ufrj.br/index.php/am/article/view/9228. Acesso em: 03 mar. 2018.

SILVA, Carolina Fernandes da. O remo e a história de Porto Alegre, Rio Grande do Sul: mosaico de identidades culturais no longo século XIX. Dissertação (Mestrado) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Educação Física, Programa de Pós-Graduação em Ciências do Movimento Humano, Porto Alegre, 2011.

SILVA, Rafael da Silva. A Colônia Japonesa de Santos (1908-1945): formação e desenvolvimento em uma cidade em transformação. Cadernos Ceru, v. 23, n. 2, p. 153-174, 2013. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/ceru/article/view/56988. Acesso em: 11 abr. 2019.

SUZUKI, Frank Shiguemitsu; MIRANDA, Maria Luiza de Jesus. A história da imigração japonesa e seus descendentes: prática de atividade física e aspectos socioculturais. Conexões: revista da Faculdade de Educação Física da Unicamp, Campinas, v. 6, ed. especial, p. 409-418, jul. 2008. Disponível em:

https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637844/5535. Acesso em: 20 jan.2020.

UNDOKAI é celebrado na colônia japonesa. O Diário de Ivoti, Ivoti, 26 de Abril de 2004. Edição 927, Ano XII, Sessão geral, p. 2. Acervo da Biblioteca Pública Municipal Laís Helena Bruck Mundstock da cidade de Ivoti.

UNDOKAI na Colônia Japonesa de Ivoti. O Diário da Encosta da Serra, 2 abr. 2012. Disponível em:

http://odiario.siteseguro.ws/novo/noticias/Undokai+mobiliza+familias+da+colonia+japonesa+em+Ivoti--02_04_2012. Acesso em: 18 mar 2018.

UNDOKAI: O Evento Anual Japonês de Jogos e Atividades Lúdicas. Site Japan House- São Paulo, 2011. Disponível em: https://www.japanhousesp.com.br/artigo/undokai/. Acesso em 02 de jan 2022.

YANAGUIDA, Toshio. Undokai, como uno de los recursos socio-culturales para creación de identidad étnica de los nikkei peruanos en Lima. In: XI Congresso Internacional ALADAA. Cidade de México. De 12 a 15 de novembro de 2003. Disponível em: http://ceaa.colmex.mx/aladaa/imagesmemoria/yanaguida.pdf. Acesso em: 08 abr 2018.

WATANABE, Yukie. Reflexões. In: FUNDAÇÃO Alexandre de Gusmão. Ensaios sobre a herança cultural japonesa incorporada à sociedade brasileira. Brasília: FUNAG, 2008, p. 235-260.

Downloads

Publicado

2022-05-30

Edição

Seção

Artigos Originais