Grupo de estudos e pesquisa em políticas de esporte e lazer (GEPPOL/UEM): uma década de contribuições científico-acadêmicas

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-8042.2021e7873

Palavras-chave:

Universidades, Política pública, Grupos de pesquisa

Resumo

Este artigo socializa as ações do Grupo de Estudos e Pesquisa em Políticas de Esporte e Lazer (GEPPOL) e suas articulações com a área de Pesquisa em Políticas Públicas de Esporte e Lazer. Em funcionamento desde 2011, o grupo, objetiva investigar temas e problemas relacionados a políticas, programas, projetos e práticas na área de políticas de esporte e lazer, em diferentes níveis. Seu desenvolvimento se efetiva em projetos de pesquisa, produções acadêmicas e participações diretas em ações sociais envolvendo as políticas públicas de esporte e lazer. Os resultados das pesquisas evidenciam que o grupo tem abordado variadas temáticas, assim, produzindo e atuando de forma significativa em sua área de específica de conhecimento.

Biografia do Autor

João Paulo Melleiro Malagutti, Universidade Estadual de Maringá

Mestre em Educação Física,

Universidade Estadual de Maringá,

Departamento de Educação Física,

Maringá, Paraná, Brasil

Jeferson Roberto Rojo, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em Educação Física

Universidade Estadual de Maringá,

Departamento de Educação Física,

Maringá, Paraná, Brasil

Felipe Canan, Universidade Estadual do Amazonas

Doutor em Educação Física

Universidade do Estado do Amazonas,

Escola Superior de Ciências da Saúde,

Manaus, Amazonas, Brasil.

Fernando Augusto Starepravo, Universidade Estadual de Maringá

Doutor em Educação Física

Universidade Estadual de Maringá,

Departamento de Educação Física,

Maringá, Paraná, Brasil.

Referências

ANDRADE, Thaís Andréa Puzzi de. Principais expectativas de legados dos Jogos Olímpicos/Paralímpicos Rio 2016 no município de Maringá/PR sob a ótica dos gestores públicos de esporte e lazer. 2014. 128p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2014.

ARRETCHE, Marta. Federalismo e igualdade territorial: uma contradição em termos?. Dados: Revista de Ciências Sociais, Rio de Janeiro, v. 53, n. 3, p. 587-620, 2010. DOI: https://doi.org/10.1590/S0011-52582010000300003.

BARBOSA, Thais Farias. Conhecimento de gestores públicos municipais frente à legislação de esporte e lazer. 2017. 74p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2017.

BERGANTIN, Milena; MOURA, Giovana Xavier; STAREPRAVO, Fernando Augusto. The participation of women in sport: an action research with women of the district of Floriano-Maringá-PR. In: 70 Years of IAPESGW: Always promoting Physical Education and Sports for Girls and Women' (Abstract book). International Association of Physical Education and Sport for Girls and Women, Madri, p. 78-81, 2019.

BERNABÉ, Andressa Peloi. Formação dos agentes públicos do esporte e lazer em municípios do estado do Paraná. 2016. 141 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde. Departamento de Educação Física. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016.

BOURDIEU, Pierre. Coisas Ditas. São Paulo: Brasiliense, 2004

BOURDIUE, Pierre. Razões práticas: sobre a teoria da ação. Campinas, SP: Papirus, 2007

CANAN, Felipe. Compreendendo o direito ao esporte no Brasil – constitucionalização, teleologia e dogmática. 2018. 503 f. Tese (Doutorado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde da Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2018.

CANAN, Felipe; ZARDO, Allan Fernando; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Political Relation among the State and International Sports Organizations: The 2014 FIFA World Cup Event in Brazil. Physical Culture and Sport. Studies and Research, v. 78, p. 13-22, 2018. DOI: https://doi.org/10.2478/pcssr-2018-0009.

CANAN, Felipe; STAREPRAVO, Fernando Augusto. A constitucionalização do direito ao esporte no Brasil: considerações sobre o processo e o produto. In: ISAYAMA, Hélder Ferreira; PEREIRA DA SILVA, Luciano (Org.). A Constituição brasileira de 1988 e as políticas públicas de esporte e lazer: produções em programas de pós-graduação. 1ª ed. Campinas: Autores Associados, 2019.

CANAN, Felipe; SILVA, Temístocles Damasceno; STAREPRAVO, Fernando Augusto. O esporte nas eleições 2018: candidaturas à presidência da república e aos governos dos Estados. 1ª ed. Marechal Cândido Rondon: Unioeste, 2019.

CANAN, Felipe; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Popular demands related to sports in the National Constituent Assembly of Brazil. Revista de Investigações Constitucionais, Curitiba, vol. 6, n. 3, p. 595-620, set./dez. 2019. DOI: https://doi.org/10.5380/rinc.v6i2.65472.

CASTRO, Suélen Barboza Eiras de; MILANI, Fernanda Gimenez; SANTOS, Thiago Oliveira dos; STAREPRAVO, Fernando Augusto; MEZZADRI, Fernando Marinho. Parliamentarians of the state of paraná and the allocation of budgetary amendments in sport. Revista da Educação física/UEM (Online), v. 30, p. e-3072, 2019. DOI: https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v30i1.3072.

COHEN, Michael, MARCH, James e OLSEN, Johan. A Garbage Can Model of Organizational Choice. Administrative Science Quarterley, Vol. 17, nº 1, p. 1-25. 1972. DOI: http://doi.org/10.2307/2392088.

DE ALMEIDA, Bárbara Schausteck; MEZZADRI, Fernando Marinho. Quadros conceituais em políticas públicas: aplicações e possibilidades para a área do esporte. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, v. 15, n. 1, p. 41-51, jan./jun. 2017. Disponível em: http://e-revista.unioeste.br/index.php/cadernoedfisica/article/view/15400/pdf.

ELIAS, Norbert. Introdução à sociologia. Tradução de Maria Luísa Ribeiro Ferreira. Lisboa: Edições 70, 2008.

FREY, Klaus. Políticas públicas: um debate conceitual e reflexões referentes à prática da análise de políticas públicas no Brasil. Revista Planejamento e Políticas Públicas. Brasília, n. 21, jun. 2000, p. 211-259. Disponível em: https://www.ipea.gov.br/ppp/index.php/PPP/article/view/89/0.

GALLI, João Manoel. Universíade 2019: Análise da candidatura e desistência de Brasília em sediar o evento. 2015. 76p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

HIRATA, Edson; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Public funds in Brazilian professional sports: The case of basketball. In: The Values of Sport: Between tradition and (post)modernity - Abstract book. 14th European Association for Sociology of Sport Conference, Praga, p. 92-92, 2017.

HIRATA, Edson. “Liga forte, clubes fracos?”: A espetacularização do basquete masculino brasileiro (2008-2019). 2019. 273p. Tese (Doutorado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2019.

HIRATA, Edson; STAREPRAVO, Fernando Augusto; SANTOS, Edmilson dos Santos. The Politically Motivated Decentralization of Program of Sports and Leisure of the City. Journal of Physical Education and Sports Management, v. 7, p. 34-43, 2020. DOI: https://doi.org/10.15640/jpesm.v7n1a5.

HIRATA, Edson; STAREPRAVO, Fernando Augusto; SANTOS, Edmilson dos Santos. The Politically Motivated Decentralization of Program of Sports and Leisure of the City. Journal of Physical Education and Sports Management, v. 7, p. 34-43, 2020. DOI: https://doi.org/10.15640/jpesm.v7n1a5.

MALAGUTTI, João Paulo Melleiro. Associações atléticas acadêmicas: prática esportiva no ambiente universitário e gestão esportiva. Maringá, 2012. 110p. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2012.

MALAGUTTI, João Paulo Melleiro. Esporte ou Festa?: uma análise sobre o subcampo do esporte universitário no Paraná. 2015. 206p. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2015.

MALAGUTTI, João Paulo Melleiro; HIRATA, Edson; STAREPRAVO, Fernando Augusto. O Futebol/ Futsal e as políticas públicas das cidades do Paraná. Revista Pensar a Prática (Online), v. 19, p. 842, 2016. DOI: https://doi.org/10.5216/rpp.v19i4.39154.

MALAGUTTI, João Paulo Melleiro; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Esporte ou festa?: O esporte universitário no Paraná. 1ª ed. Curitiba: CRV, 2020. DOI: https://dx.doi.org/10.24824/978655868150.2.

MARCHI JÚNIOR, Wanderley. “Sacando” o voleibol: do amadorismo à espetacularização da modalidade no Brasil (1970-2000). Tese (Doutorado em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2001.

MENEGALDO, Pedro Henrique Iglesiaz. Avaliação nas políticas públicas de esporte: uma interlocução com os agentes públicos municipais. 2019. 147p. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação Associado em Educação Física UEM/UEL) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2019.

MILANI, Fernanda Gimenez. Políticas públicas estaduais de esporte: uma análise a partir do planejamento e execução do orçamento público. 2018. 95p. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2018.

MOURA, Giovana Xavier de; ROJO, Jeferson Roberto; BERNABÉ, Andressa Peloi; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Análise dos agentes públicos do Sistema Nacional de Esportes das cidades da Amusep. Revista Licere, v. 20, p. 76-101, 2017. DOI: https://doi.org/10.35699/1981-3171.2017.1686.

MOURA, Giovana Xavier de; STAREPRAVO, Fernando Augusto; ROJO, Jeferson Roberto; TEIXEIRA, Dourivaldo; MORAES E SILVA, Marcelo. Mulher e esporte: o preconceito com as atletas de Rugby da cidade de Maringá-PR. Revista Motrivivência, v. 29, p. 17-30, 2017. DOI: http://dx.doi.org/10.5007/2175-8042.2017v29n50p17.

MOURA, Giovanna Xavier de. De in-goal a in-goal: a trajetória de mulheres no Rugby no Brasil. 2018. 183p. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2018.

MOURA, Giovana Xavier; STAREPRAVO, Fernando Augusto. From in-goal to in-goal: The trajectory of women in Rugby in Brazil. In: 70 Years of IAPESGW: Always promoting Physical Education and Sports for Girls and Women' (Abstract book). International Association of Physical Education and Sport for Girls and Women, Madri, p. 125-127, 2019.

MOURA, Giovanna Xavier; FERNANDES, Alessandra Vieira; PIMENTEL, Giuliano Gomes de Assis; STAREPRAVO, Fernando Augusto. The invisibility of women in legislations and National Conferences of sport and leisure in Brazil. Journal of Gender Studies, p. 1-12, 2020. DOI: https://doi.org/10.1080/09589236.2020.1770060.

ONOFRE, Tiago; COLÂNGELO, João Victor Mariano; LINO, Wilson. Balanço bibliométrico da produção científica em políticas públicas de lazer - Brasil 2012/2017. Revista Brasileira de Ciência e Movimento, v. 27, p. 164, 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.31501/rbcm.v27i1.9892.

ROJO, Jeferson Roberto. Processo de transformação das corridas de rua: um estudo da prova rústica Tiradentes. 2014. 103p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2014.

ROJO, Jeferson Roberto; MEZZADRI, Fernando Marinho; MORAES E SILVA, Marcelo. A produção do conhecimento sobre políticas públicas para o esporte e lazer no brasil: uma análise dos pesquisadores e instituições. PODIUM Sport, Leisure and Tourism Review, São Paulo, v. 8, nº 1, p. 128-139, 2019. DOI: https://doi.org/10.5585/podium.v8i1.303.

ROJO, Jeferson Roberto; STAREPRAVO, Fernando Augusto; MEZZADRI, Fernando Marinho; DONHA, Eliza Lins; MORAES E SILVA, Marcelo. Políticas de estado ou políticas de governo? Uma análise sobre as políticas públicas de corrida de rua em Curitiba-PR. Revista da Educação física/UEM (Online), v. 30, p. 3062, 2019. DOI: https://doi.org/10.4025/jphyseduc.v30i13062.

ROJO, Jeferson Roberto; SIMIYU, Wycliffe W. Njororai; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Research on sports migration: an analysis of methodological procedures. Journal of Physical Education and Sport, v. 20, p. 546-553, 2020. DOI: https://doi.org/10.7752/jpes.2020.02081.

ROSA, Nájila Ignácio. Capacitação/formação dos agentes técnicos de esporte e lazer em municípios do estado do Paraná. Maringá, 2016. 15p. Monografia (Trabalho de Conclusão de Curso em Educação Física) – Faculdade de Educação Física, Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016.

SANTOS, Luciana Letícia Sperini Rufino. Formação continuada para professores de educação física: o programa de desenvolvimento educacional do Paraná (PDE). 2012. 74p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2012.

SANTOS, Luciana Letícia Sperini Rufino. Gestão pública municipal de esporte no estado do Paraná: estrutura administrativa e financiamento. 2016. 118 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde. Departamento de Educação Física. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016.

SANTOS, Edmilson Santos dos; AUGUSTO STAREPRAVO, Fernando. Análise da capacidade fiscal per capita na descentralização do Programa Segundo Tempo/ME junto aos municípios. Revista Movimento, v. 24, p. 1097-110, 2018. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.71700.

SANTOS, Edmilson Santos dos; HIRATA, Edson; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Perfil das prefeituras que descentralizaram o PELC de 2003 a 2012. Revista Licere (Belo Horizonte), v. 1, p. 71-88, 2018. DOI: https://doi.org/10.35699/1981-3171.2018.1768.

SÁ, Ariane Boaventura da Silva. A "Copa das Copas": o uso político-ideológico do futebol em propagandas governamentais. 2016. 170 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016.

SILVA, Temístocles Damasceno; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Políticas públicas de esporte e lazer: sistemas nacionais e políticas municipais. 1ª ed. Vitória da Conquista: Edições UESB, 2020.

SILVEIRA, Andrea Luiza Alves. Associações Esportivas e o Poder Público de Maringá/PR: uma relação de dependência tutelar? 2016. 207 f. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Centro de Ciências da Saúde. Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016.

SOUZA, Juliano de; STAREPRAVO, Fernando Augusto; MARCHI JÚNIOR, Wanderley. A sociologia configuracional de Norbert Elias - potencialidades e contribuições para o estudo do esporte. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, v. 36, p. 429-445, 2014. DOI: http://doi.org/10.1590/S0101-32892014000200011.

STAREPRAVO, Fernando Augusto. Aspectos históricos e sociológicos do esporte segundo Norbert Elias. 2003. 33p. Monografia (Graduação em Educação Física) – Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2003.

STAREPRAVO, Fernando Augusto. O esporte universitário paranaense e suas relações com o poder público. 2007. 197p. Dissertação (Mestrado em Educação Física) – Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2007.

STAREPRAVO, Fernando Augusto. Políticas públicas de esporte e lazer no Brasil: aproximações, intersecções, rupturas e distanciamentos entre os subcampos político/burocrático e científico/acadêmico. 2011. 422p. Tese (Doutorado em Educação Física) – Departamento de Educação Física, Universidade Federal do Paraná, Curitiba, 2011a.

STAREPRAVO, Fernando Augusto. Estado e esporte: uma leitura a partir do esporte universitário brasileiro. In: MARCHI JÚNIOR, Wanderley. Ensaios em Sociologia do Esporte. São Paulo: Factash Editora, 2011b.

STAREPRAVO, Fernando Augusto; CANAN, Felipe; SANTOS, Luciana Letícia Sperini Rufino. A Panorama on Sports Policies in Brazil. In: KYROS, Roque; LOTT, Mona (Org.). Public Policy and Social Change: perspectives, challenges and future directions. 1ª ed. New York: Nova Science Publishers, 2017.

STAREPRAVO, Fernando Augusto; MILANI, Fernanda Gimenez; ANDRADE, Thais Aandrade Puzzi; HIRATA, Edson. Profile of the development of public policies of sport and leisure in municipalities of the state Parana-Brazil. In: The Values of Sport: Between tradition and (post)modernity Abstract book. 14th European Association for Sociology of Sport Conference, Praga, p. 110-111, 2017.

STAREPRAVO, Fernando Augusto; SOUZA, Juliano de; BERNABÉ, Andressa Peloi.; MARCHI JUNIOR., Wanderley. Programa esporte e lazer da cidade: onde o político/burocrático e o científico/acadêmico se encontram?. Revista Movimento, v. 24, p. 23, 2018. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.63125.

STAREPRAVO, Fernando Augusto; SOUZA, Vânia. de Fátima Matias; MILANI, Fernanda Gimenez. Políticas públicas na Educação Física. 1ª ed., Curitiba: InterSaberes, 2018.

ZARDO, Allan Fernando da Silva. A perspectiva de acadêmicos de Educação Física frente aos megaeventos esportivos e seus possíveis legados. 2016. 67p. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação Física) – Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2016.

ZARDO, Allan Fernando da Silva. A 'anarquia organizada' nas políticas municipais de esporte e lazer. 167p. 2018. Dissertação (Mestrado em Pós-graduação Associado em Educação Física UEM/UEL) - Universidade Estadual de Maringá, Maringá, 2018.

ZARDO, Allan Fernando; SOUZA, Juliano de; STAREPRAVO, Fernando Augusto. Gestores do esporte e visões de política esportiva no Brasil (1937-2016): uma abordagem sociológica. Revista Motrivivência, v. 30, p. 119-133, 2018. DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2018v30n53p119.

Downloads

Publicado

2021-06-02

Edição

Seção

Seção Temática