O trabalho infantil no centro e no sul da província de Buenos Aires. Meninas e meninos em fins do século XIX e início do XX.

Yolanda de Paz Trueba

Resumo


No contexto da construção das instituições estatais na Argentina em fins do século XIX, foi-se construindo uma imagem diferente da infância. A educação e o trabalho se converteram em tópicos centrais nos discursos que abordaram a questão. Se o fato de que algumas crianças e jovens deviam trabalhar para ajudar no sustento familiar começou a estabelecer fronteiras negativas, muitos assumiam que para as crianças pobres o trabalho era preferível ao ócio, ante-sala da delinquência. O objetivo deste artigo é refletir sobre o modo pelo qual era percebida a relação entre as crianças e o trabalho em povoados da campaña centro e sul da província de Buenos Aires. Daremos especial ênfase aos abusos dos quais haviam sido objeto os menores no âmbito laboral, situação sobre a qual os historiadores têm assumido sua existência, mas sem problematizá-la.


Palavras-chave


Trabalho; Crianças; Discursos

Texto completo:

PDF (Español (España))


DOI: https://doi.org/10.5007/1984-9222.2014v6n12p177

  

 

Directory of Open Access Journals

 

          

rcaap_logo Back to Home: Electronic Journals Library