"Para que o jangadeiro, quando morrer, não necessite da caridade pública": Mestre Jerônimo e os direitos sociais na cultura política jangadeira

Berenice Abreu Abreu

Resumo


Este artigo discute a luta de jangadeiros do Ceará por direitos sociais no final dos anos de 1940 e início da década de 1950. Para pressionar o governo federal pelo cumprimento de promessas feitas por ocasião da viagem de jangada de 1941, os jangadeiros do Ceará desenvolveram várias estratégias de ação, como a divulgação por setores da imprensa brasileira (que assumiu apoiar a luta desses homens pobres, divulgando fartas matérias sobre a vida, o trabalho, a miséria, o sofrimento e o desamparo a que estavam submetidos), a criação de um sindicato, além das constantes viagens das lideranças dos pescadores à capital da República. Como reforço a essas estratégias, mais uma vez, jangadeiros partiram do Ceará em 1951 e chamaram a atenção do Brasil para seus problemas. O destino, dessa vez, era o Rio Grande do Sul, numa homenagem a Getúlio Vargas. Os direitos sociais a serem “cobrados” apareciam para esses trabalhadores como uma alternativa à caridade pública, uma prática que parecia marcar e amedrontar sua vida.


Palavras-chave


Jangadeiros; Direitos sociais; Caridade pública

Texto completo:

PDF/A

Referências


ABREU, Berenice. Jangadeiros: uma corajosa jornada em busca de direitos no Estado Novo. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2012.

BACZKO, Bronislaw. “Imaginação Social”, ENCICLOPÉDIA EINAUDI, v. 5, “Antropos-Homem”. Lisboa: Imprensa Nacional/Casa da Moeda, 1985.

CAPELATO, Maria Helena R. Multidões em cena: propaganda política no varguismo e no peronismo. Campinas: Papirus, 1998.

CASCUDO, Luís da Câmara. Jangadeiros, Rio de Janeiro: Ministério da Agricultura/Serviço de Informação Agrícola, 1957.

DIEGUES, Antônio Carlos. Pescadores, Camponeses e Trabalhadores do Mar. São Paulo: Ática, 1983.

DORÉ, Bernardo. A epopeia dos jangadeiros, nossos irmãos do mar. Fortaleza: Edição do autor, 1973.

FERREIRA, Jorge. O Imaginário Trabalhista. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2005.

FERREIRA, Jorge. Trabalhadores do Brasil. Rio de Janeiro: Ed. FGV, 1997.

FORTES, Alexandre e outros. Na luta por direitos. Campinas: Editora da UNICAMP,

HOLANDA, Firmino. Orson Welles no Ceará. Fortaleza: Edições Demócrito Rocha, 2001.

LEVI, Giovanni. “Sobre a micro-história”. In: BURKE, Peter (Org.). A Escrita da História. São Paulo: UNESP, 1992.

GOMES, Ângela de Castro. “Cultura política e cultura histórica no Estado Novo”. In: ABREU, Martha; SOIHET, Rachel; GONTIJO, Rebeca. Cultura política e leituras do passado: historiografia e ensino de história. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2007.

GOMES, Ângela de Castro. “História, historiografia e cultura política no Brasil: algumas reflexões”. In: SOIHET, Rachel; BICALHO, Maria Fernanda Baptista; GOUVÊA, Maria de Fátima. Culturas políticas: ensaio de história cultural, história política e ensino de história. Rio de Janeiro: Mauad, 2005.

GOMES, Ângela de Castro. A Invenção do Trabalhismo. Rio de Janeiro: IUPERJ/Vértice, 1988.

KUSCHNIR, Karina; CARNEIRO, Leandro Piquet. “As dimensões subjetivas da política: cultura política e antropologia da política”. Estudos Históricos. Rio de Janeiro: CPDOC/Fundação Getúlio Vargas, v.13, n.24, 1999.

NOBRE, Geraldo da Silva. Introdução à história do Jornalismo Cearense. Fortaleza: Expressão Gráfica, 2006.

PONTE, Sebastião Rogério. História e Memória do Jornalismo Cearense. Fortaleza: Núcleo de Documentação Cultural/NUDOC, 2004.

SANTOS, Márcia Juliana. It´s All True e as construções das imagens do Brasil (1942-1993). (Dissertação em História Social, PUC/SP, 2004).

SILVA, Fernando Teixeira da; NEGRO, Antônio Luigi. “Trabalhadores, sindicatos e política (1945-1964)”. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucília de Almeida Neves (orgs.). O Brasil Republicano: o tempo da experiência democrática. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 2003.

SILVA, Fernando Teixeira da; COSTA, Hélio da. “Trabalhadores urbanos e populismo: um balanço dos estudos recentes”. In: FERREIRA, Jorge. O populismo e sua história: debate e crítica. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2001.

SOUZA, J. I. M. “Trabalhando com cinejornais: relato de uma experiência”. História: Questões e Debates. Curitiba: UFPR, n. 38, jan./jun. p. 43-65, 2003.

VARGAS, Getúlio. Diário. São Paulo: Siciliano [s.d.]; Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1995.

VELHO, Gilberto. Projeto e Metamorfose: antropologia das sociedades complexas. 2. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1999.




DOI: https://doi.org/10.5007/1984-9222.2015v7n13p255

Directory of Open Access Journals

 

 

Home

 

 LATINDEX


 

 

 

 

 

 

capes