Contratos e distratos. Atores, empresários e conflitos de trabalho nos meios teatrais do Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2022.e86369

Palavras-chave:

história, teatro, relações de trabalho

Resumo

Na segunda metade do século XIX, o teatro ocidental passou por mudanças significativas, fruto da maneira como ele passou a ser produzido, organizado e disseminado por meio de turnês e redes teatrais internacionais, e se transformou numa força cultural global capaz de acelerar mudanças de costumes, hábitos, comportamentos e códigos sociais. Conectado a tal fenômeno, o teatro brasileiro sentiu os efeitos dessas mudanças, dentre eles nas relações estabelecidas entre diferentes tipos de trabalhadores ligados à cena, tais como atores e empresários, um tema ainda pouco investigado pela historiografia do teatro brasileiro. É em torno deste tema que o presente artigo se desenvolve e para sua elaboração foi escolhida como fonte principal a série de folhetins Scenas Comicas, publicada na Gazeta da Tarde, entre 1883 e 1884, e como fontes adicionais artigos de periódicos, livros de memórias e recordações, biografias, dicionários, relatórios ministeriais e legislações governamentais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Silvia Cristina Martins de Souza, Universidade Estadual de Londrina (UEL)

Doutora em História pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Professora associada da Universidade Estadual de Londrina (UEL).

Referências

ALONSO, Ângela. Flores, votos e balas: o movimento abolicionista brasileiro (1868-1888). São Paulo: Companhia das Letras, 2015.

BALME, Christopher. Histórias Globais do Teatro: modernização, esferas públicas e redes teatrais. In: WERNECK, Maria Helena, REIS, Ângela de Castro (org.) Rotas de teatro entre Portugal e Brasil. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2016.

BATALHA, Claudio H. de Moraes; SILVA, Fernando Teixeira; FORTES, Alexandre (org). Culturas de classe. Identidade e diversidade na formação do operariado. Campinas: Ed. da Unicamp, 2004.

CHARLE, Christopher. A gênese da sociedade do espetáculo. Teatro em Paris, Berlim, Londres e Viena. São Paulo: Companhia das Letras, 2012.

FERREIRA, Procópio. O ator Vasques. Rio de Janeiro: Serviço Nacional do Teatro, 1979.

HESSEL, Lothar; RAEDERS, Georges. O teatro no Brasil sob D. Pedro II. Porto Alegre. IEL.

LOPES, Antônio Herculano (org.). Entre Europa e África: a invenção do carioca. Rio de Janeiro: Fundação Casa de Rui Barbosa/Topbboks, 2000.

MARZANO, Andréia. Cidade em cena: o ator Vasques, o teatro e o Rio de Janeiro (1839-1892). Rio de Janeiro: Folha Seca, 2008.

MENCARELLI, Fernando Antônio. A voz e a partitura: teatro musical e diversidade cultural no Rio de Janeiro (1868-1908). Tese (Doutorado em História Social) - Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, 2003.

POPINIGIS, Fabiane. Todas as liberdades são irmãs. Os caixeiros e as lutas dos trabalhadores por direitos entre o império e a república. Estudos Históricos Rio de Janeiro, v. 29, n. 59, p. 647-666, 2016.

SILVA, Ana Carolina Feracin da (org.). Bilhetes Postais: Coelho Neto Campinas: Mercado das Letras, 2002; CHALHOUB, Sidney, PEREIRA, Leonardo Affonso de M. (orgs.). A História Contada: capítulos de história social da literatura no Brasil. 2.ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira, 1998.

SOUSA BASTOS, Antônio de. Carteira do artista. Lisboa: Bertrand, 1898.

SOUZA, Silvia Cristina Martins de. Scenas Comicas de Francisco Correa Vasques. Curitiba: Prismas, 2017.

SOUZA, Silvia Cristina Martins de. Cantando e encenando a escravidão e a abolição: história, música e teatro no império brasileiro (segunda metade do século XIX). In: IV Encontro Escravidão e Liberdade no Brasil Meridional – A experiência dos Africanos e seus descendentes no Brasil. Anais do IV ENCONTRO ESCRAVIDÃO E LIBERDADE NO BRASIL MERIDIONAL. Curitiba: UFPR, pp. 1-5, 2009, Disponível em: http://www.escravidaoeliberdade.com.br/site/images/Textos4/silviacristinamartinssouza.pdf e

Downloads

Publicado

2022-06-15

Como Citar

SOUZA, . C. M. de . Contratos e distratos. Atores, empresários e conflitos de trabalho nos meios teatrais do Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX. Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 14, p. 1–19, 2022. DOI: 10.5007/1984-9222.2022.e86369. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/86369. Acesso em: 2 out. 2022.

Edição

Seção

Artigos