O papel do futebol operário na formação e na identidade da classe trabalhadora

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2024.e98237

Palavras-chave:

Futebol Operário, Classe Trabalhadora, Sociabilidade

Resumo

Resenha: BRESOLIN, Felipe T. Jogo, logo existo: futebol, conflito social e sociabilidade na formação da classe trabalhadora em Rio Grande/RS (1901-1931). Porto Alegre: Editora Fi, 2023.

Biografia do Autor

Olivia Nery, UFPEL

Doutora em História (PUCRS), mestre em Memória Social e Patrimônio Cultural (UFPel), bacharela em História (FURG).

Referências

ÁLVAREZ-ARECERES, Miguel Ángel. Patrimonio industrial: un futuro para el pasado desde la visión europea. Apuntes, v. 21, n. 1 (2008), pp. 6-25.

BRESOLIN, Felipe T. Jogo, logo existo: futebol, conflito social e sociabilidade na formação da classe trabalhadora em Rio Grande/RS (1901-1931). Porto Alegre: Editora Fi, 2023.

GONÇALVES, José Reginaldo. O patrimônio como categoria de pensamento. In: ABREU, Regina; CHAGAS, Mario (orgs); Memória e patrimônio: ensaios contemporâneos. Rio de Janeiro: Lamparina, 2009.

MENDES, José Amado. O património industrial e os museus: que relação? Revista Memória em Rede, Pelotas, v.14, n.27, Jul/Dez 2022.

MUEHLEBACH, Andrea. The body of solidarity: heritage, memory, and materiality in Post-Industrial Italy.Compartive Studies in Society and History, v. 59, n. 1, p. 96-126, 2017.

Downloads

Publicado

2024-06-04

Como Citar

NERY, OLIVIA. O papel do futebol operário na formação e na identidade da classe trabalhadora. Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 16, p. 1–5, 2024. DOI: 10.5007/1984-9222.2024.e98237. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/98237. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Resenhas

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.