Entrevista com Persio Sposito

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2023.e90620

Palavras-chave:

Entrevista, Localização de Jogos, Vampiro: a Máscara, RPG, Tradução

Resumo

Esta entrevista com o profissional de localização de jogos, Persio Sposito, está dividida em três partes: a primeira tem como intenção conhecer mais sobre o entrevistado em um nível pessoal. Questões neste momento buscam entender o contato do entrevistado com os RPGs, objeto de estudo aqui considerado, durante sua infância e adolescência, bem como descobrir quais tipos de materiais o entrevistado teve contato e em que língua estes materiais se apresentavam. Em seguida, na segunda parte, a entrevista deseja conhecer mais sobre questões profissionais do entrevistado, seus principais projetos, sua formação e momento atual profissional. Por fim, na terceira parte da entrevista, buscamos entender o processo de tradução e localização da obra Vampiro: a Máscara (2021), os processos e pessoas envolvidas, os possíveis legados deixados pela 3ª edição lançada em 1999 pela extinta editora Devir, o uso de CAT tools e memórias de tradução, além de falarmos sobre a questão da aceitação do setor de localização no mercado atual pelas desenvolvedoras de jogos.

Referências

Achilli, Justin et al. Vampiro: a Máscara. 3ª edição. Tradução de Luiz Eduardo Ricon & Otávio Gonçalves. São Paulo: Devir, 1999.

Hagen, Mark Rein. Vampiro: a Máscara. Tradução de Sylvio Gonçalves. São Paulo: Devir, 1994.

Hite, Kenneth et al. Vampire: The Masquerade. 5ª edição. Nova York & Estocolmo: White Wolf Publishing: 2018.

Hite, Kenneth et al. Vampiro: a Máscara. 5ª edição. Tradução de Fábio Gullo & Localização de Persio Sposito. São Paulo: Galápagos, 2021.

Downloads

Publicado

2023-12-29

Como Citar

Gobatti, V. (2023). Entrevista com Persio Sposito. Cadernos De Tradução, 43(1), 1–13. https://doi.org/10.5007/2175-7968.2023.e90620

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.