Abordagem cultural da organização do conhecimento na ciência da informação brasileira

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1518-2924.2019.e65174

Palavras-chave:

Abordagem cultural, Organização do conhecimento, Ciência da Informação, Brasil, BRAPCI, BDTD

Resumo

A organização do conhecimento é uma subárea da Ciência Informação que lida com a representação e classificação da informação para que ela se torne acessível para os usuários. Como campo de estudos incorpora as várias abordagens teóricas e epistemológicas que configuram a Ciência da Informação. Partindo dessas premissas, esta pesquisa tem como objetivo analisar a produção científica da Ciência da Informação brasileira sobre a abordagem cultural da organização do conhecimento. Do ponto de vista metodológico, este estudo é natureza exploratória e combina as abordagens qualitativa e quantitativa. A coleta de dados foi feita por meio de um levantamento bibliográfico na Base de Dados Referenciais de Artigos de Periódicos em Ciência da Informação (BRAPCI) e na Base de Brasileira de Teses e Dissertações (BDTD). Os resultados da pesquisa indicam que a integração desta abordagem de pesquisa no domínio da organização do conhecimento ainda é incipiente, considerando o número reduzido registros recuperados em ambas as bases de dados. Como conclusão indica-se que é necessário que os estudos da organização do conhecimento incorporem esta abordagem, porque tem implicações positivas para a criação de esquemas contextualizados de classificação. Consideramos que esquemas que não atentam para esse aspecto têm o potencial de promover a exclusão e marginalização de grupos que se encontram fora do contexto mainstream.

Biografia do Autor

Ilídio Lobato Ernesto Manhique, Universidade Estadual Paulista - UNESP/Marília

Doutorando em Ciência da Informação -  UNESP/Marília

Professor-Assistente Escola Superior de Jornalismo de Jornalismo

Helen de Castro Silva Casarin, Universidade Estadual Paulista - UNESP/Marília

Professora Livre-docente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação da UNESP/Marília

Referências

BARDIN, Laurence. Análise de conteúdo. Lisboa: Edições 70, 2010.

BEAK, J.. Where is Childrens’ Voice in KO?. Knowledge Organization, v. 42, n. 5, p. 284-289, 2015.

BEGHTOL, Clare. A proposed ethical warrant for global knowledge representation and organization systems. Journal of Documentation, v. 58, n. 5, p. 507-532, 2002a.

BEGHTOL, Clare. Universal concepts, cultural warrant, and cultural hospitality. In Challenges in knowledge organization for 21st century: integration knowledge across boundaries. Proceedings of the seventh international ISKO conference, july 10-13, 2002b, Granada, Spain, 2002.

BOURDIEU, P. O poder simbólico. Rio de Janeiro: Brasil, 1989.

BUFREN, L. S.; SILVA, H. F.; FABIAN, C. L. S.; SORRIBAS, T. V. Produção científica em Ciência da Informação: análise temática em artigos de revistas brasileiras. Perspectivas em Ciência da Informação, v. 12, n. 1, p. 38-49, jan./abr. 2007.

GUIMARÃES, José A.C.; PINHO, Fábio Assis. Theoretical dialogs about ethical issues in knowledge organization: García Gutiérrez, Hudon, Bregtol and Olson. Knowledge Organization, v. 43, n. 5, p. 338-350.

HJØRLAND, B;ALBRECHTSEN,H. Toward a New Horizon in Information Science: Domain-Analysis. J Am Soc Inf Sci., v. 46, n. 6, p. 400–425, 1995.

HJØRLAND, Birger. Domain analysis in information science: eleven approaches-traditional as well as innovative. Journal of Documentation, v.58, n.4, p.422-462, 2002. Disponível em: <https://www.emeraldinsight.com/doi/abs/10.1108/00220410210431136>. Acesso em: 30 set. 2017.

HJØRLAND, Birger. Domain Analysis: A Socio‐Cognitive Orientation for Information Science Research. Bulletin of the American Society for Information Science and Technology, 2007. Disponível em: <https://onlinelibrary.wiley.com/doi/full/10.1002/bult.312>. Acesso em: 28 set. 2018.

HJØRLAND, Birger; ALBRECHTSEN, Hanne. Toward a new horizon in information science: domain analysis. Journal of the American Society for Information Science, v.46, p.400-25, 1995. Disponível em: <https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/(SICI)1097-4571(199507)46:6%3C400::AID-ASI2%3E3.0.CO;2-Y>. Acesso em: 23 jun. 2018.

JACOB, Christian. Da ordem dos livros à carta dos saberes: utopias e inquietudes. In: BARATIN, Marc; JACOB, Christian. O poder das bibliotecas: a memória dos livros no Ocidente. Rio de Janeiro : UFRJ, 2001.

LEE, Wan-Chen. Culture and classification: an introduction to thinking about ethical issues of adopting global classification standards to local environments. Knowledge Organization, v. 45, n. 5, p. 302-307, 2015.

MAI, Jens-Erik. Marginalization and exclusion: Unraveling systemic bias in classification. Knowledge Organization, v. 43, n. 5, p. 324-330.

MILANI, Suellen Oliveira; VGUIMARÃES, José A. C. Biases of knowledge representation: an analysis of the feminine domain in Brazilian indexing languages. In: SMIRAGLIA, Richards (editor). Proceedings from North American Symposium on Knowledge Organization, v. 3, Toronto, Canada, p. 94-104.

MANHIQUE, Ilídio Lobato Ernesto; CASARIN, Helen de Castro Silva. Estrutura intelectual dos estudos da competência informacional na perspectiva fenomenográfica: uma análise por meio da citação e cocitação. Revista Ibero-americana de Ciência da Informação (RICI), v.11, n.3, p. 751-768, 2018.

OLSON, Hope. The power of name: locating the limits of subject representation in library. Boston/London: Kluwer Academic Publishers, 2002.

OLSON, Hope. The power of name: representation in library catalogs. Signs: Journal of women in culture and society, v. 26, p. 639-668.

SAMPIERI, Roberto Hernández; COLLADO, Carlos Fernández; LUCIO, Maria del Pillar Baptista. Metodologia de la investigación. 5ª ed. México, MacGraw-Hill/Interamericana Editores, 2010.

WERSIG, Gernot; NEVELING, U. The phenomena of interest to Information Science. The information scientist, v.9, n.4, p.127-140, 1975.

Downloads

Publicado

2019-10-15

Como Citar

Manhique, I. L. E., & Casarin, H. de C. S. (2019). Abordagem cultural da organização do conhecimento na ciência da informação brasileira. Encontros Bibli: Revista eletrônica De Biblioteconomia E Ciência Da informação, 24(56), 01-20. https://doi.org/10.5007/1518-2924.2019.e65174

Edição

Seção

Artigo