Práticas de apropriação dos professores de educação física nas formações continuadas: Trilhando a produção de sentidos

Igor Câmara Luiz, Silvana Ventorim, André da Silva Mello, Amarílio Ferreira Neto, Wagner Santos

Resumo


Analisa o modo como 14 professores de Educação Física da Grande Vitória/ES se apropriam das formações continuadas, atribuindo-lhes outros sentidos. Caracteriza-se como uma pesquisa do tipo narrativa. Utiliza entrevista, grupos focais e questionário como instrumentos de pesquisa produzidos por intermédio de uma formação continuada. As análises indicam que os sentidos atribuídos são influenciados: pelas relações de poder produzidas nesses contextos; pelos interesses coletivos que remetem a uma identidade profissional; pelos interesses de uma identidade dos professores de Educação Física, quando reivindicam as demandas específicas da disciplina e uma perspectiva de formação que leve em consideração a especificidade da área.


Palavras-chave


Formação Continuada; Educação Física; Ensino Fundamental

Texto completo:

PDF/A


DOI: https://doi.org/10.5007/2175-8042.2014v26n43p70



R. Motriviv., Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, ISSNe: 2175-8042.

Os textos publicados na Revista Motrivivência estão licenciados com uma Licença Creative Commons de atribuição não comercial compartilhar igual: CC BY-NC-SA