De escravo a doutor: Euzébio de Queiroz Coutinho Barcellos

Autores

  • Beatriz Ana Loner Universidade Federal de Santa Maria
  • Miguel Angelo Vieira da Cunha filho Universidade Federal de Pelotas
  • Ubirajara Soares Monteiro Universidade Federal de Pelotas

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2013v5n9p189

Resumo

Este artigo apresenta resultados de pesquisa sobre trajetórias de ex-escravos  do extremo sul do Brasil,  parte de um detalhado esquadrinhar da sociedade pelotense e da comunidade negra urbana de Pelotas durante as décadas finais da escravidão e Primeira República.  O enfoque  recai sobre os trabalhadores urbanos, livres, cativos ou libertos, suas lutas, organização e atividades durante a campanha da abolição e o primeiro período republicano. Acompanhando as trajetórias deste grupo, responsável pela formação de uma  desenvolvida rede organizativa negra na cidade, foram encontrados elementos suficientes para traçar a biografia de alguns dentre eles, dos quais apresenta-se aqui a trajetória de Euzébio, escravo que trabalhou em uma charqueada e que, ao conseguir se libertar, em meados da década de 1880, buscou novos rumos em sua vida, alcançando o posto de médico licenciado e  reconhecimento  pela sociedade.

 

Biografia do Autor

Beatriz Ana Loner, Universidade Federal de Santa Maria

professora visitante Universidade Federal de Santa Maria.

Miguel Angelo Vieira da Cunha filho, Universidade Federal de Pelotas

Licenciado em História pela UFpel.

Professor da Escola LaSalle Hipólito Leite

Ubirajara Soares Monteiro, Universidade Federal de Pelotas

Bacharel em Turismo pela UFPel

aluno da licenciatura em História UFPel.

Bolsita Programa Educação Tutorial ( PET)

Membro Colaborador Biblioteca Negra Pelotas

Downloads

Publicado

2013-09-02

Como Citar

LONER, Beatriz Ana; CUNHA FILHO, Miguel Angelo Vieira da; MONTEIRO, Ubirajara Soares. De escravo a doutor: Euzébio de Queiroz Coutinho Barcellos. Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 5, n. 9, p. 189–213, 2013. DOI: 10.5007/1984-9222.2013v5n9p189. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/1984-9222.2013v5n9p189. Acesso em: 12 jul. 2024.