Diálogos entre sociologia e história: suas contribuições à edificação de uma sociologia da educação no Brasil

Autores

  • Ione Ribeiro Valle Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2020.e66334

Palavras-chave:

Sociologia, História, Pierre Bourdieu, Jean-Claude Passeron e Antoine Prost, Norbert Elias

Resumo

A sociologia da educação foi se constituindo no diálogo com outras sociologias e mesmo com outros campos do conhecimento. Diferentes perspectivas podem ajudar a situar este diálogo. Priorizamos aqui a relação, não raramente conflituosa, entre sociologia e história, inscrita no complexo quadro das lutas do campo científico e também do campo educacional. Para tanto, revisitamos alguns pensadores que têm indicado aproximações e distanciamentos entre essas duas tradições disciplinares, a saber: Pierre Bourdieu (1930-2002), Jean-Claude Passeron (1930-), Antoine Prost (1933-) e Norbert Elias (1897-1990). Partimos da premissa de que a sociologia de Pierre Bourdieu é, desde o princípio, edificada como uma sociologia histórica. Nossa segunda premissa pauta-se num diálogo entre Jean-Claude Passeron, sociólogo, e Antoine Prost, historiador, cujo foco está nas tensões entre duas perspectivas epistemológicas: o ‘raciocínio sociológico’ e o ‘raciocínio histórico’. Nossa última premissa foi elaborada a partir de reflexões de Norbert Elias relativas à oposição entre generalização sociológica e diferenciação histórica. Nosso interesse por esses autores se deve às suas contribuições à edificação do campo educacional brasileiro, o que vem se efetivando graças à intensificação da pesquisa histórica e/ou sociológica.

Biografia do Autor

Ione Ribeiro Valle, Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC

Professora do Centro de Ciências da Educação Universidade Federal de Santa Catarina, UFSC

Doutora em Ciências da Educação - Université de Paris V - Sorbonne

Bolsista de Produtividade em Pesquisa CNPq Nível 1D

Referências

BOURDIEU, Pierre. Homo academicus. Florianópolis: EdUFSC, 2011.

BOURDIEU, Pierre; CHAMBOREDON, Jean-Claude; PASSERON, Jean-Claude. A profissão de sociólogo. Preliminares epistemológicas. Petrópolis: Vozes, 1999.

DORTIER, Jean-François. Auguste Comte (1789-1857). Inventeur de la sociologie, père du positivisme, et... apôtre d’une réligion nouvelle. In: CABIN, Phillippe; DORTIER, Jean-François. La sociologie, histoire et idées. Auxerre: Éditions Sciences Humaines, 2000. p. 17-23.

DUBET, François. Introduction à l’édition “Quadrige”. In: DURKHEIM, Émile. Les règles de la méthode sociologique. 14. ed. Paris: Quadrige, 2013. p. 1-20.

DURKHEIM, Émile. Leçons de sociologie. Physique des moeus et du droit. Cours de sociologie dispensés à Bordeaux entre 1890 et 1900. Quebéc: [s. n.], 2002. Originalmente publicado em 1950. Disponível em: https://bit.ly/2BdWu1g. Acesso em: 15 jun./2019.

DURKHEIM, Émile. As regras do método sociológico. São Paulo: Martins Claret, 2003. Originalmente publicado em 1895.

DURKHEIM, Émile. A educação moral. Petrópolis: Vozes, 2008. Originalmente publicado em 1925.

ELIAS, Norbert. Qu’est-ce que la sociologie? La Tour d’Aigues: Éditions de l’Aube, 1991.

JOLY, Marc. Pour Bourdieu. Paris: CNRS Éditions, 2018.

MORAES FILHO, Evaristo de. (org.) Comte. 2. ed. São Paulo: Ática, 1983.

MUCCHIELLI, Laurent. Durkheim: Le père de la sociologie moderne. In: CABIN, Phillippe; DORTIER, Jean-François. La sociologie, histoire et idées. Auxerre: Éditions Sciences Humaines, 2000. p. 45-54.

PASSERON, Jean-Claude; PROST, Antoine. L’enseignement, lieu de rencontre entre historiens et sociologues. Sociétés contemporaines, [S. l.], n. 1, p. 7-45, mar.1990. DOI: https://doi.org/10.3406/socco.1990.940.

STEINER. Philippe. La sociologie de Durkheim. Paris: Éditions La Découverte, 1994.

VALLE, Ione Ribeiro. “Raciocínio sociológico” e “raciocínio histórico”: as tensões entre duas tradições epistemológicas segundo Passeron e Prost. Revista Entreideias, Salvador, v. 7, n. 2, p. 56-72, jul./dez. 2018a. ISSN: 2317-1219. DOI: http://dx.doi.org/10.9771/re.v7i2.24907.

VALLE, Ione Ribeiro. Sociologia histórica ou história sociológica? Diálogos a partir de Pierre Bourdieu. Revista Tempos e Espaços em Educação, São Cristóvão, Sergipe, v. 11, n. 25, p. 49-60, abr./jun. 2018b. ISSN: 2358-1425. DOI: https://doi.org/10.20952/revtee.v11i25.7502.

VALLE, Ione Ribeiro. Um conceito reinterpretado ao longo do século: do intelectual individualista de Durkheim ao intelectual coletivo de Bourdieu. Revista Internacional Educação Superior, Campinas, v. 4, n. 1, p. 95-111, jan./abr. 2018c. ISSN: 446-9424. DOI: https://doi.org/10.22348/riesup.v4i1.8650711.

VALLE, Ione Ribeiro. Contributos de Maio de 68 à sociologia de Pierre Bourdieu. In: WATANABE, Graciella; LEAL, Sérgio Henrique Bezerra de Sousa. Educação, Ciências e Sociedade: leituras bourdieusianas. Araraquara: Letraria, 2019. p. 18-41. Disponível em: https://bit.ly/2CeiauM. Acesso em: 20 set. 2019.

VALLE, Ione Ribeiro. O mais historiador dos sociólogos: Norbert Elias entre a generalização sociológica e a diferenciação histórica. (manuscrito).

Downloads

Publicado

2020-10-27

Edição

Seção

Dossiê Sociologia Crítica da Educação: Raízes, Balanço e Perspectivas, Métodos e Objetos