De ruas estreitas e outros espaços: as domésticas de Recife e Salvador (1870-1910)

Autores

  • Maciel Henrique Carneiro da Silva IFPE

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2011v3n5p58

Resumo

O artigo discute as experiências de trabalhadoras domésticas de Recife e Salvador em torno de 1900. Entendo tais experiências a partir da relação campo/cidade e do processo de construção de redes sociais em contextos espaciais novos. Muitas dessas trabalhadoras eram procedentes de outras regiões e compunham o diversificado e complexo mundo do trabalho com outras categorias profissionais. Por fim, apresento conflitos e solidariedades possíveis em becos, ruas estreitas, e o significado de tais situações em um processo inacabado de formação de classe.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maciel Henrique Carneiro da Silva, IFPE

Sou professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Pernambuco - IFPE; doutorando em História pelo PPGH-UFBA, e minhas pesquisas envolvem mulheres trabalhadoras no século XIX e na pós-Abolição.

Downloads

Publicado

2022-07-04

Como Citar

SILVA, . H. C. da. De ruas estreitas e outros espaços: as domésticas de Recife e Salvador (1870-1910). Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 3, n. 5, p. 58–85, 2022. DOI: 10.5007/1984-9222.2011v3n5p58. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/1984-9222.2011v3n5p58. Acesso em: 7 out. 2022.