Imprensa e mundos do trabalho: a singularidade da imprensa operária no Amazonas (1890-1920)

Autores

  • Luciano Everton Costa Teles Centro Universitário Nilton Lins e Universidade Federal do Amazonas

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2011v3n5p186

Resumo

O presente artigo procura elucidar a relação entre História e Imprensa, enfatizando a Imprensa Operária como objeto-fonte de estudos, revelando as potencialidades desta relação para a produção do conhecimento histórico. Focaliza também algumas questões presentes em suas páginas, destacando uma configuração específica e assuntos relacionados e direcionados ao universo operário.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciano Everton Costa Teles, Centro Universitário Nilton Lins e Universidade Federal do Amazonas

Possui graduação em Licenciatura Plena em História pela Universidade Federal do Amazonas (2004) e Mestrado em História Social pela mesma Instituição   (2008). Atualmente é professor e coordenador do curso de Licenciatura Plena em História do Centro Universitário Nilton Lins. Atua ainda como professor de pós-graduação da Faculdade Montenegro e assessor pedagógico da Gerência de Educação Escolar Indígena, desenvolvendo atividades principalmente nos seguintes temas: Imprensa e História do Trabalho; História e Educação Escolar Indígena.

Downloads

Publicado

2022-07-04

Como Citar

TELES, . E. C. Imprensa e mundos do trabalho: a singularidade da imprensa operária no Amazonas (1890-1920). Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 3, n. 5, p. 186–212, 2022. DOI: 10.5007/1984-9222.2011v3n5p186. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/1984-9222.2011v3n5p186. Acesso em: 7 out. 2022.