O movimento de favelas de Belo Horizonte e o Departamento de Habitações e Bairros Populares (1956-1964)

Autores

  • Samuel Silva Rodrigues Oliveira Fundação Getúlio Vargas

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2012v4n7p100

Resumo

O artigo aborda o movimento de favelas organizado pela Federação dos Trabalhadores Favelados de Belo Horizonte e sua relação com o Departamento de Habitação e Bairros Populares. Este foi um dos principais órgãos da política de desfavelamento na passagem dos anos 1950 para 1960, e ofereceu constrangimentos e oportunidades para a construção da cidadania dos moradores em favelas.

Biografia do Autor

Samuel Silva Rodrigues Oliveira, Fundação Getúlio Vargas

Formado em História pela Universidade Federal de Minas Gerais (2005), mestre em "História, tradição e modernidade" na linha História e Culturas Políticas (2008) pela UFMG, doutorando em História, Política e Bens Culturais na Fundação Getúlio Vargas, orientado por Dulce Chaves Pandolfi.

Downloads

Publicado

2012-09-03

Como Citar

OLIVEIRA, Samuel Silva Rodrigues. O movimento de favelas de Belo Horizonte e o Departamento de Habitações e Bairros Populares (1956-1964). Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 4, n. 7, p. 100–120, 2012. DOI: 10.5007/1984-9222.2012v4n7p100. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/1984-9222.2012v4n7p100. Acesso em: 25 jun. 2024.