Relações raciais e racismo nos mundos do trabalho

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2023.e97461

Palavras-chave:

racismo, mundos do trabalho, relações raciais

Resumo

O presente dossiê busca ser uma contribuição para esse debate, e é o primeiro da Revista Mundos do Trabalho, publicada ininterruptamente desde 2009, inteiramente dedicado à análise das relações raciais e racismo nos mundos do trabalho. Apesar do ineditismo do dossiê, a qualidade dos artigos aqui reunidos evidencia que diversas iniciativas têm sido empreendidas no sentido de explorar com mais vagar as múltiplas conexões entre relações raciais, racismo e mundos do trabalho. Os artigos permitem observar uma miríade de aspectos sobre as conexões entre relações raciais, racismo e mundos do trabalho. Por um lado, indicam como a análise das trajetórias individuais e coletivas é fulcral para esmiuçar os preconceitos e dificuldades vivenciados nos espaços de trabalho. Por outro, como as histórias de vida também evidenciam as estratégias para suplantar as limitações colocadas pelo lugar racial, de classe, e, em certos casos, de gênero, e as lutas por direitos e cidadania. As múltiplas dimensões do associativismo aparecem como espaços privilegiados para compreender pontos das experiências da população afrobrasileira, desde o combate ao racismo, até a garantia de liberdade e autonomia. Além conceberem as associações mutualistas como dimensões importantes de suas vidas, operários e sindicalistas negros, mobilizados pela raça e pela classe, atuaram fortemente no movimento sindical e na política partidária e eleitoral, combatendo os obstáculos impostos pela opressão de classe e pela discriminação racial. A construção de elos afetivos entre afrodescendentes e indígenas, superando as barreiras étnicas e jurídicas, e a violência escravista colonial, na sociedade setecentista da América espanhola, é mais uma dimensão dessa profusão de multifacetadas experiências negras, no Brasil e nas outras partes das Américas.    

Biografia do Autor

Paulo Cruz Terra, Universidade Federal Fluminense

Doutor em Histo?ria pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Pesquisador CNPq e Jovem Cientista do Nosso Estado - FAPERJ. Professor do Departamento de Histo?ria e do Programa de Po?s-Graduac?a?o em Histo?ria da UFF.

Robério Santos Souza, Universidade do Estado da Bahia

Professor Titular do Departamento de Ciências Humanas, da Universidade do Estado da Bahia. Atua na área de História do Brasil, História Social do Trabalho e da Cultura. Integra o Grupo de Pesquisa Escravidão e Invenção da Liberdade, da UFBA.

Referências

CHALHOUB, Sidney; SILVA, Fernando Teixeira da. Sujeitos no imaginário acadêmico: escravos e trabalhadores na historiografia brasileira desde os anos 1980. Cadernos AEL, v. 14, n. 26, p. 11-49, 2010.

CHALHOUB, Sidney. Trabalho, Lar e Botequim: o cotidiano dos trabalhadores no Rio de Janeiro da Belle Èpoque. Editora da Unicamp: Campinas, 2001; RIBEIRO, Gladys Sabina. Mata galegos. Os portugueses e os conflitos de trabalho na primeira República. Brasiliense: São Paulo, 1989.

LONER, Beatriz Ana; CUNHA FILHO, Miguel Angelo Vieira da; MONTEIRO, Ubirajara Soares Monteiro. De escravo a doutor: Euzébio de Queiroz Coutinho Barcellos. Revista Mundos do Trabalho, v. 5, n. 9, p. 189-213, 2013.

LONER, Beatriz Ana. Construção de classe: operários de Pelotas e Rio Grande, 1888-1930. Editora da UFPel: Pelotas, 2016. p. 167.

NASCIMENTO, Álvaro Pereira do Nascimento. Trabalhadores negros e “paradigma da ausência”: contribuições à história social do trabalho no brasil. Estudos Históricos, v. 29, n. 59, p. 607-629, 2016.

NEGRO, Antonio Luigi; GOMES, Flávio dos Santos. Além de senzalas e fábricas: uma história social do trabalho. Tempo Social, v. 18, n. 1, p. 217-240, 2006.

TERRA, Paulo Cruz; POPINIGIS, Fabiane. Classe, raça e a história social do trabalho no Brasil (2001-2016). Estudos Históricos, v. 32, n. 66, p. 307-328, 2019.

Downloads

Publicado

2023-12-06

Como Citar

TERRA, Paulo Cruz; SANTOS SOUZA, Robério. Relações raciais e racismo nos mundos do trabalho. Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 15, p. 1–6, 2023. DOI: 10.5007/1984-9222.2023.e97461. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/97461. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Dossiê: Relações raciais e racismo nos mundos do trabalho

Artigos Semelhantes

1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 > >> 

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.