Avaliação e responsabilização pelos resultados: atualizações nas formas de gestão de professores

Autores

  • Eneida Oto Shiroma
  • Olinda Evangelista

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-795X.2011v29n1p127

Palavras-chave:

Política educacional, Profissionalização, Avaliação, Professor

Resumo

Neste artigo discuti-se a avaliação e responsabilização pelos resultados educacionais nas políticas para professores entendendo-as como eixos que pretendem instituir novos modos de governar a educação. Por meio da consulta a documentos nacionais e internacionais, e com base na literatura sobre o tema, verifica-se que as políticas dirigidas aos docentes têm em vista incutir a lógica de gestão por resultados nas instituições escolares. A avaliação de docentes é recomendada pelos reformadores como uma das ações mais eficazes para melhorar o desempenho dos alunos nas avaliações. A implantação da gestão por resultados no sistema educacional tem menos a ver com questões propriamente educativas e mais com a busca de uma nova governabilidade para a educação pública ungida pela ideologia gerencialista. Publicar resultados de avaliações sem considerar as condições em que foram produzidos conduz a análises equivocadas sobre os fatores que interferem na relação ensino-aprendizagem. Concluí-se que, ao focar nos aspectos intraescolares procura-se responsabilizar os docentes pelo desempenho insatisfatório dos alunos. Nas estratégias de Organizações Multilaterais para a educação, o resultado não é fim, é meio para quebrar a isonomia salarial e instituir novas formas de gestão de professores.

Downloads

Publicado

2011-10-24