Educação profissional e profissionalização de educadores

Autores

  • Eneida Oto Shiroma Universidade Federal de Santa Catarina, Florianopólis

DOI:

https://doi.org/10.5007/%25x

Resumo

Este artigo visa discutir alguns aspectos da reforma educacional brasileira dos anos 90. Inicialmente, apresenta suas principais metas e prioridades. Em seguida, destaca alguns aspectos contraditórios dessa reforma e por fim analisa as conseqüências de sua implementação, especialmente para a formação de professores. A abordagem considera os educadores como um grupo ocupacional e levanta hipóteses para explicar por que o govemo traça políticas de educação profissional distintas para trabalhadores e professores.

Downloads

Publicado

2000-01-01

Edição

Seção

Artigos