Clubes recreativos: identidades e conflitos entre os trabalhadores paulistanos (1900-1920)

Autores

  • Uassyr Siqueira

DOI:

https://doi.org/10.5007/1984-9222.2011v3n5p233

Resumo

Este artigo analisa alguns dos clubes recreativos fundados e freqüentados pelos trabalhadores da cidade de São Paulo no início do século XX. Além do lazer, os referidos clubes ofereciam acesso à cultura letrada, à informação e auxílios para os associados. Dessa maneira, são espaços privilegiados para a análise do processo de formação da classe trabalhadora da cidade.

Biografia do Autor

Uassyr Siqueira

Possui graduação em História pela Universidade Estadual de Campinas (1999), mestrado em História pela Universidade Estadual de Campinas (2002) e doutorado em História pela Universidade Estadual de Campinas (2008). Atualmente é professor de história da Universidade Metodista de Piracicaba. , atuando principalmente nos seguintes temas: trabalhadores, sociabilidade, clubes, associações e são paulo.

Downloads

Publicado

2022-07-04

Como Citar

SIQUEIRA, Uassyr. Clubes recreativos: identidades e conflitos entre os trabalhadores paulistanos (1900-1920). Revista Mundos do Trabalho, Florianópolis, v. 3, n. 5, p. 233–244, 2022. DOI: 10.5007/1984-9222.2011v3n5p233. Disponível em: https://periodicos.ufsc.br/index.php/mundosdotrabalho/article/view/1984-9222.2011v3n5p233. Acesso em: 16 jun. 2024.