Sobre a Revista

Cadernos de Tradução foi criada em 1996 por professores da Universidade Federal de Santa Catarina. A revista vem publicando artigos, resenhas, resenhas de tradução, entrevistas e em 2022 inaugurou a seção "Traduções". Atualmente, Cadernos de Tradução está vinculada à Pós-Graduação em Estudos da Tradução e representa um reconhecido fórum nacional e internacional da discussão de pesquisas na área dos Estudos da Tradução, estando indexada em diversas bases nacionais e estrangeiras e avaliada como A1, no Qualis Periódicos da Capes e classificada com Q1 na Scimago Journal & Country Rank da Scopus no período 2019-2021. A Cadernos de Tradução faz parte da Coleção SciELO Brasil.

O objetivo principal da revista é publicar resultados de pesquisas no campo dos Estudos da Tradução no Brasil e no exterior e acompanhar o debate na área, cuja interdisciplinaridade lhe é inerente. Publica regularmente artigos, resenhas e entrevistas de alta qualidade, com efetiva contribuição científico-acadêmica para a área. Além disso, os critérios adotados para a seleção dos trabalhos são: ineditismo, originalidade, clareza, relevância para a área.

A partir de 2022 a revista Cadernos de Tradução passou a publicar em fluxo contínuo seguindo os princípios da ciência aberta.

O periódico Cadernos de Tradução encontra-se em formato exclusivamente on-line e trabalha em acesso aberto, não cobrando nenhum tipo de taxas.
 
A revista também possui uma página no Facebook e no Instagram

Notícias

Edição Atual

v. 42 n. 01: Fluxo Contínuo
					Visualizar v. 42 n. 01: Fluxo Contínuo

V.42 nº1- Fluxo Contínuo

Artigos

Artigos traduzidos

Ver Todas as Edições