Entrevista com Fan Xing e Francisco Foot Hardman

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5007/2175-7968.2022.e84008

Palavras-chave:

Atividade Motora, Adultos, Prevalência, Atenção Primária, Programa Saúde da Família, Motor activity, Adults, Prevalence, Primary Health Care, Family Health Program.

Resumo

A edição bilíngue de Ai Qing Viagem à América do Sul é fruto de um projeto internacional de pesquisa, com organização, tradução e edição a cargo do professor da Unicamp, Francisco Foot Hardman, em colaboração com a professora da Universidade de Pequim, Fan Xing.  Ai Qing (Jinhua, 1910 – Pequim, 1996) é um dos maiores poetas da literatura moderna chinesa. Suas obras foram traduzidas para diversas línguas ocidentais e orientais. Em 1954, Ai Qing realizou uma viagem pela América do Sul, na ocasião do cinquentenário de Pablo Neruda. Neste livro, temos 21 poemas vinculados diretamente a essa viagem do poeta reunidos em um único volume. Também é o primeiro livro de Ai Qing traduzido diretamente do chinês para o português brasileiro, editado e publicado no Brasil. O livro ganhou o prêmio ABEU em 2020 e foi um dos finalistas do prêmio Jabuti na categoria tradução.

Biografia do Autor

Andréia Guerini, Universidade Federal de Santa Catarina

Professora Titular do Departamento de Língua e Literatura Estrangeiras e da Pós-Graduação em Estudos da Tradução da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Tem atividades de pesquisa, docência e extensão na área de Letras, sobretudo em Estudos da Tradução, Estudos Literários, Estudos Comparados (Literaturas Brasileiras e Portuguesa e Literatura Italiana). Realizou com bolsa Capes: doutorado em Literatura pela UFSC (1999-2001), Professor Visitante Júnior pela Università degli Studi di Padova/Itália (2009-2010) e Professor Visitante Sênior na Universidade de Coimbra/Portugal (2017-2018). É editora-chefe das revistas Cadernos de Tradução (www.cadernos.ufsc.br), Appunti Leopardiani (www.appuntileopardiani.cce.ufsc.br) e da Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Linguística (https://revistadaanpoll.emnuvens.com.br/revista). Desde 2011, atua como professora visitante do programa de Doutorado em Letteratura, Storia della Lingua e Filologia Italiana da Università per Stranieri di Siena/Itália. Desde 2017, atua como membro da Comissão Externa de Aconselhamento Científico do Centro de Estudos Humanísticos da Universidade do Minho/Portugal. Participou da Comissão da CAPES para a elaboração do documento da Área de Letras e Linguística em 2013. Presidiu a Comissão Nacional do Prêmio Capes de Tese 2014 da Área de Letras e Linguística. Fez parte da Diretoria da Associação Brasileira de Pesquisadores em Tradução (ABRAPT), gestão 2011-2013. Fez parte da Diretoria da Associação Nacional de Pós-Graduação em Letras e Linguística (ANPOLL), gestão 2014-2016. Foi coordenadora da Pós-Graduação em Estudos da Tradução nas gestões 2010-2013 e 2013-2016 (durante a sua gestão o programa subiu de 5 para 6 na avaliação da Capes). Participou do Conselho Editorial da Editora da UFSC de 2014 a 2017. Foi representante da área de Literatura no Conselho Consultivo da ANPOLL (2014-2018) e coordenou o Grupo de Trabalho de Estudos da Tradução da ANPOLL (2016-2018). Foi contemplada com o Edital da Escola de Altos Estudos da Capes (Edital 2016) e foi responsável pela vinda de vários professores visitantes internacionais à UFSC, com bolsa PV/CNPq, Auxílio Professor Visitante/CNPq e PV/Capes e Fulbright U.S. Scholar Program. Fez parte do PROCAD/PGET/UFSC/POSLIT/UFMG (2008-2012). Fez parte do DINTER PGET/UFSC-UFPB/UFCG ( 2010-2014). Faz parte do DINTER-CAPES entre a Pós-Graduação em Estudos de Tradução da UFSC e a Universidade Federal do Pará (2015-2019). Faz parte do PROCAD/CAPES-Amazônia/PGET/UFSC a Pós-graduação em Estudos Antrópicos na Amazônia da UFPA e a Pós-graduação em Ciências Humanas, da Universidade do Estado do Amazonas. Integra a "Cátedra UNESCO de Políticas Linguísticas para o Multilinguismo" (2018-2022). É coordenadora do projeto de internacionalização Capes/PrInt/UFSC "Tradução, tradição e inovação (2018-2022)" (Edital 41/2017). Desde 2019, é membro avaliadora da QS-World University Rankings. Desde 2019, é pesquisadora associada do Centrum voor Literatuur in vertaling/Research Centre for Literature in Translation, da Vrije Universiteit Brussel e Ghent University/ Bélgica. Desde 2021, é membro da Associazione di Studi Portoghesi e Brasiliani (AISPEB). É representante do Comitê Consultivo SciELO Brasil, área de Linguística, Letras e Artes (2019-2021 e 2021-2023) e do Comitê Editorial do SciELO Preprints (2020-2021) . Idealizou e coordena, com colegas de universidades estrangeiras e nacionais, as Coleções "Transtextos", "Palavra de Tradutor", "Viajantes", "Raízes feministas: mulheres em tradução", "Tradutores chineses de literaturas de língua portuguesa".

Li Ye, Universidade Federal de Santa Catarina

Doutoranda em Estudos da Tradução da UFSC. 

Mestre em Linguística Aplicada pela UFRGS

Bacharel em Letras (Língua Portuguesa) pela Universidade de Comunicação da China (UCC)

Professora de Língua Portuguesa na UCC de 2006 a 2011

Referências

Ai Qing, Francisco Foot Hardman (Org.). Viagem à América do Sul. Tradução de Fan Xing. São Paulo: Editora da Unesp, 2019.

Downloads

Publicado

2022-05-03

Edição

Seção

Entrevistas